Militar do Azerbaijão é ferido após violação de cessar-fogo em Nagorno-Karabakh

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 6 de julho de 2021 as 14:15, por: CdB

Alguns dos termos principais do acordo de cessar-fogo incluem uma troca de prisioneiros de guerra, e o fim das hostilidades pelos militares da Armênia e do Azerbaijão nas posições em que estavam durante a assinatura do acordo.

Por Redação, com Sputnik – de Moscou

Grupos armados ilegais da Armênia feriram nesta terça-feira um militar azeri, comunica o Ministério da Defesa do Azerbaijão.

Militar do Azerbaijão é ferido após violação de cessar-fogo em Nagorno-Karabakh, diz Baku

“Grupos armados armênios ilegais” dispararam contra militar do Azerbaijão, afirma nesta terça-feira o Ministério da Defesa do país.

“Em 6 de julho, por volta das 17h50 (horário local, 10h50, horário de Brasília), grupos armados armênios ilegais localizados no território do Azerbaijão, onde as forças de manutenção da paz russas estão temporariamente destacadas, dispararam contra unidades do Exército do Azerbaijão, em direção à vila de Aliagaly, no distrito de Agdam”, disse o órgão militar em declaração.

Foi ferido um alfere, que estava envolvido em obras para melhoria de estradas.

“O ferido recebeu os primeiros socorros e foi evacuado para um hospital militar. O comando das forças de manutenção da paz russas e do Centro de Monitoramento Conjunto Turco-Russo foram informados a fim de investigar o incidente”, detalha o comunicado.

Alguns dos termos principais do acordo de cessar-fogo incluem uma troca de prisioneiros de guerra, e o fim das hostilidades pelos militares da Armênia e do Azerbaijão nas posições em que estavam durante a assinatura do acordo. Além disso, Erevan cede partes de Nagorno-Karabakh, mas mantém um corredor para o enclave. Por fim, um contingente de manutenção da paz russo fica presente na região para fiscalizar os termos do acordo.

As relações entre Baku e Erevan

As relações entre Baku e Erevan têm se mantido bastante tensas desde o último conflito militar entre forças azeris e armênias em Nagorno-Karabakh, que ocorreu entre setembro e novembro de 2020, e que terminou com uma trégua mediada por Moscou. Até hoje, ambos os países se mantêm em alerta na sua fronteira, na qual há ainda várias zonas disputadas.

O conflito entre a Armênia e Azerbaijão sobre a posse de Nagorno-Karabakh perdura periodicamente desde 1988. As relações entre Baku e Erevan têm se mantido bastante tensas desde o último conflito militar entre forças azeris e armênias em Nagorno-Karabakh, que ocorreu entre setembro e novembro de 2020, e que terminou com uma trégua mediada por Moscou. Até hoje, ambos os países se mantêm em alerta na sua fronteira, na qual há ainda várias zonas disputadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code