Militares israelenses matam palestino armado

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 1 de agosto de 2019 as 10:51, por: CdB

Autoridades de Gaza disseram que cerca de 210 palestinos foram mortos desde o início dos protestos, há um ano.

Por Redação, com Reuters – de Jerusalém

Soldados israelenses mataram um palestino nesta quinta-feira após ele cruzar a fronteira de Gaza e disparar contra as tropas, ferindo três pessoas, informaram as Forças Armadas de Israel.

Tanque israelense perto da fronteira com a Faixa de Gaza

Durante o incidente, de acordo com um comunicado militar, um tanque israelense mirou uma instalação do Hamas, grupo palestino que comanda a Faixa de Gaza. Não houve relatos imediatos sobre mortes de palestinos como resultado do ataque.

No comunicado, os militares disseram que um “agressor disparou contra as tropas” após se infiltrar através da cerca de segurança israelense ao longo da fronteira de Gaza.

“As tropas… responderam com disparos em direção a eles, resultando na morte do agressor”, segundo o comunicado. “Um oficial foi moderadamente ferido e dois combatentes ficaram levemente feridos como resultado dos disparos do agressor”.

Na sexta-feira, forças israelenses mataram outro palestino durante protestos semanais na fronteira de Gaza, disseram autoridades de saúde do território palestino.

Forças Armadas

Em comentários sobre o incidente, as Forças Armadas de Israel afirmaram que milhares de palestinos haviam se reunido ao longo da fronteira e algumas pessoas na multidão arremessaram dispositivos explosivos e granadas em direção à divisa da fronteira.

Autoridades de Gaza disseram que cerca de 210 palestinos foram mortos desde o início dos protestos, há um ano. À época, um soldado israelense também fora baleado por um atirador de elite palestino ao longo da fronteira e outro fora morto durante uma incursão secreta em Gaza.