Ministério da Educação discute Programa Mais Ciência na Escola

Arquivado em: Destaque do Dia, Educação, Ensino Médio, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 28 de junho de 2024 as 12:11, por: CdB

O Programa Mais Ciência na Escola foi instituído pelo Decreto nº 12.049 , de 11 de junho de 2024, assi na do pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. O intuito da iniciativa é disseminar o conhecimento científico e a educação digital na educação básica.

Por Redação, com ACS – de Brasília

O Ministério da Educação (MEC) participou de webinário sobre a chamada pública do Programa Mais Ciência na Escola nesta sexta-feira. Lançada em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) , a iniciativa investirá R$ 100 milhões para a implantação de laboratórios maker , bolsas para professores e estudantes e formação de professores em escolas públicas , promovendo o letramento digital e a educação científica.

O Programa Mais Ciência na Escola foi instituído pelo Decreto nº 12.049 , de 11 de junho de 2024

O evento aconteceu às 14h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal no YouTube do MTCI . O MEC foi representado pela diretora de Apoio à Gestão Educacional da Secretaria de Educação Básica (SEB), Anita Stefani , que esclarecerá dúvidas acerca do edital do Programa.

Mais Ciência na Escola

O Programa Mais Ciência na Escola foi instituído pelo Decreto nº 12.049 , de 11 de junho de 2024, assi na do pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. O intuito da iniciativa é disseminar o conhecimento científico e a educação digital na educação básica. As diretrizes e os objetivos do programa incluem o estímulo à educação científica e digital, a promoção da inclusão social, a valorização dos educadores, a equidade no acesso à educação e o incentivo ao desenvolvimento sustentável.

Mil escolas serão beneficiadas com laboratórios acompanhados de planos de atividades, formação de professores e bolsas para professores e estudantes, fortalecendo a parceria entre escolas e instituições científicas, tecnológicas e de inovação. Para participar do programa, as redes de ensino devem apresentar, até 26 de julho, propostas de instituições científicas, tecnológicas e de inovação ( ICTs ) para estabelecer redes de cooperação à nível territorial com escolas da educação básica .

O Programa é uma parceria que compõem os esforços para alcançar os objetivos d o Escolas Conectadas ao apoiar o desenvolvimento de competências previstas na BNCC Computação, da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), assim como apoiar a implementação da educação digital, conforme definido pela Política Nacional de Educação Digital (PNED). As propostas devem priorizar escolas públicas municipais de ensino fund amental anos finais , preferencialmente com jornada de tempo integral. Trata-se de uma iniciativa que alinha esforços dos programas prioritários da educação básica, como o Escolas Conectadas, o Programa de Educação em Tempo Integral e o Escola das Adolescências.

As propostas devem ser apresentadas por meio do Formulário de Pospostas on-line disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas. Elas deverão ser efetuadas em parceria com as secretaria s municipa is e/ou estadua is de educação e a divulgação final das ações aprovadas será divulgada em setembro deste ano. Os critérios de elegibilidade e o cronograma da Chamada Pública do Programa Mais Ciência na Escola estão disponíveis no portal do CNPq

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *