Ministro do STF manda Moro ‘tomar conta de sua vara’, em nova crítica

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 23 de março de 2018 as 15:56, por: CdB

Marco Aurelio Mello, do STF, diz ser natural que ex-presidente Lula aguarde seu julgamento em liberdade.

 E não poupou críticas ao juiz Sérgio Moro.

 

Por Redação, com ACSs – de Aracaju.

 

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurelio Mello afirmou ser normal que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aguarde o desenlace do recurso impetrado junto à Corte, para que tenha garantido o direito de responder aos processos em liberdade.

Marco Aurelio Mello foi um dos oito votos favoráveis ao fim da contribuição privada às campanhas eleitorais
Marco Aurelio Mello não poupou críticas ao juiz Sérgio Moro

— É bom aguardar qual será a decisão efetiva sobre o caso do ex-presidente Lula. É natural que ele possa aguardar em liberdade — disse, em entrevista a uma rádio de Sergipe.

O ministro ainda informou que Lula deve ser submetido a um novo julgamento apenas no dia 4 de abril, após a Semana Santa.

— Vamos conduzir este caso com apego a lei das leis, que é a constituição federal — garantiu.

Questionado se já seria possível apontar qual seria a tendência da decisão do pleno com relação ao julgamento, o ministro respondeu que um colegiado é algo complexo.

— Não há como dizer se será favorável ou não. Cada um tem sua interpretação, de acordo com inúmeros fatores — desconversou.

Moro

Durante a entrevista, o ministro também afirmou que políticos condenados em 2ª instância não poderão ser candidatos, mesmo com decisão liminar favorável.

— Os registros precisam ser revistos pelo STF. Não podemos ter candidatos condenados — finalizou.

O ministro reforçou a crítica feita esta semana ao juiz Sérgio Moro. O magistrado fez “recomendações” aos ministros do STF em relação ao julgamento da prisão; depois de condenação em segunda instância.

— Um juíz de 1ª instância ao invés de cuidar de sua vara, fica mandando recado para ministro. Eu só posso atribuir isto, aos tempos estranhos que estamos vivendo — enfatizou.

Com relação a troca de farpas que aconteceu esta semana no plenário do STF, entre os ministros Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes; o ministro Marco Aurélio lamentou.

— É desgastante e desagradável para o próprio STF” — concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *