Moeda única para o Mercosul é considerada `meta distante´

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 14 de maio de 2003 as 02:42, por: CdB

Segundo o ministro do planejamento, Guido Mantega, a criação da moeda única do Mercosul é uma meta distante a ser alcançada.

– A unificação monetária, se ela vier, será no longo prazo – afirmou o ministro durante um encontro com a imprensa brasileira na embaixada do Brasil na capital argentina, nesta terça-feira.

– A moeda única é um processo ambicioso e, para mim, o importante agora é que tanto o real como o peso argentino são flutuantes, o que permitiu a aproximação de seus valores cambiais – completa.

Mantega descartou a possibilidade de criação de bandas cambiais entre as duas moedas frente ao dólar, como sugeriu, na semana passada, o governo argentino do presidente Eduardo Duhalde.