Mogi Mirim perde de goleada para o Palmeiras

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 14 de junho de 2003 as 18:42, por: CdB

Após dois empates na última rodada, o Palmeiras voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B.

Na tarde deste sábado, o Verdão goleou o Mogi Mirim pelo placar de 5 a 0, no estádio Palestra Itália, e chegou aos treze pontos dentro da competição. A equipe do interior paulista continua com dez após nove rodadas disputadas.

Vágner, por três vezes, Magrão e Muñoz marcaram os gols que garantiram a terceira vitória palmeirense na Série B. No próximo sábado, o Verdão encara o Botafogo-RJ, novamente em São Paulo. O Mogi irá enfrentar o Sport, em casa.

O Palmeiras dominou o Mogi Mirim durante todo o primeiro tempo. A equipe da casa criou as melhores chances de gol, enquanto que os visitantes pouco ameaçaram o goleiro Marcos. Na primeira etapa, foram onze chutes a gol do alviverde contra três do time do interior paulista.

Aos quinze, o Verdão chegou com perigo pela primeira vez. Alessandro lançou Vágner dentro da área que, sem marcação alguma, tentou driblar Marcelo Galvão. O goleiro, no entanto, foi mais rápido e interceptou a bola nos pés do atacante palmeirense.

Cinco minutos mais tarde foi a vez de Marcinho preocupar o adversário. O volante recebeu de Diego Souza pela direita da área e chutou cruzado. Marcelo Galvão caiu em seu canto direito e fez boa defesa.

O primeiro gol alviverde saiu aos 28 minutos. Lúcio driblou Chicão pela esquerda, dentro da área, e bateu para o gol. O goleiro do Mogi rebateu e Vágner aproveitou o rebote, completando para a rede: 1 a 0.

Sem ser ameaçado, o Palmeiras foi atrás do segundo. Aos 37, Diego Souza dominou livre na grande área após cobrança de escanteio e chutou. Bruno Leite desviou a bola com a mão: pênalti. O lateral foi expulso de campo.

Na cobrança, Vágner chutou no canto superior direito de Marcelo Galvão e ampliou para o Verdão antes do término da etapa inicial.

Com um homem a mais, o Palmeiras teve tranqüilidade para confirmar a vitória no segundo tempo. Aos seis, Thiago Gentil perdeu uma boa oportunidade. O atacante, sem marcação dentro da área, aproveitou um cruzamento da esquerda de Vágner, mas chutou à esquerda do gol, pela linha de fundo.

Aos oito, o mesmo Thiago quase chegou às redes novamente. Após levantamento da esquerda, o atacante cabeceou fraco nas mãos do goleiro. O palmeirense estava livre dentro da pequena área. No minuto seguinte, Lúcio mandou uma bomba da entrada da área, pelo lado esquerdo, e Marcelo Galvão espalmou para escanteio.

Na cobrança, o Verdão fez 3 a 0. A zaga do Mogi não conseguiu afastar a bola cruzada e Magrão aproveitou a sobra. O volante chutou forte no canto direito e marcou.

O Palmeiras seguiu dominando amplamente a posse de bola e não deu chances para o Mogi atacar até o final do jogo. Aos 42, a equipe da casa ainda conseguiu ampliar a goleada. Magrão colocou Muñoz na cara do gol.

O colombiano invadiu a área pela direita e tocou no alto de Marcelo Galvão. Aos 46, Vágner fechou o placar e fez a torcida palmeirense delirar no Palestra Itália.

Em um rápido contra-ataque, Alessandro cruzou da direita e o atacante dominou livre. Com calma, Vágner tocou na saída do goleiro, à esquerda, e marcou seu terceiro na goleada alviverde.