Morre aos 23 anos, durante mergulho em Maresias, o surfista Pedro Tanaka

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Últimas Notícias
Publicado sábado, 27 de março de 2021 as 16:55, por: CdB

Pedro Tanaka estava com o pai e amigos, mergulhando próximo a uma laje na região da praia de Toque Toque, no momento do acidente, conforme relatou neste sábado a jornalista Janaína Pedroso, que assina a coluna Origem Surf.

Por Redação – de São Paulo

Morreu neste sábado, em Maresias, no litoral paulista, o surfista Pedro Tanaka, de 23 anos. Tricampeão paulista e bicampeão brasileiro universitário de surfe, Tanaka faleceu na tarde passada, durante uma pescaria submarina. Pedro estava com o pai e amigos, mergulhando próximo a uma laje na região da praia de Toque Toque, no momento do acidente, conforme relatou neste sábado a jornalista Janaína Pedroso, que assina a coluna Origem Surf, no diário conservador paulistano Folha de São Paulo.

O surfista Pedro Tanaka, de 23 anos, era um apaixonado pelo esporte

Segundo Pedroso, o atleta e alguns amigos mergulhavam na laje, que tem de 15 a 25 metros de profundidade. “Enquanto os companheiros voltaram à superfície, Pedro permaneceu submerso. 

Paixão pelo surf

Os amigos então foram em busca do surfista, que estava apagado, o retiraram da água e no barco rumaram à Maresias. Já em terra, os primeiros socorros foram prestados, com massagem cardíaca e uso de desfibrilador. Porém os esforços não foram bem-sucedidos”, relata.

— Quando cheguei à Maresias fui acolhida por ele. Trabalhei com ele e ele realizou o sonho do meu filho, que era sair de barco para pescar, apresentou a cultura caiçara e ele. Estamos muito tristes e chocados — disse à jornalista uma amiga de Tanaka.

“Pedro Tanaka começou a surfar ainda criança, incentivado pelo pai. Além da paixão pelo surfe, Pedro gostava de mergulhar e fazer pesca submarina. Nas redes sociais, inúmeros amigos prestaram homenagens a Pedro. Profundos sentimentos à família de Pedro e aos amigos”, lamenta a colunista.