Morte de Khashoggi enfraquece estabilidade do Oriente Médio, diz Jim Mattis

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 28 de outubro de 2018 as 10:29, por: CdB

O assassinato do colunista de Khashoggi, colunista do Washington Post, escalou para uma crise entre os dois maiores exportadores mundiais de petróleo.

Por Redação, com Reuters – de Manana

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis, disse no sábado que a morte do jornalista saudita JamalKhashoggi enfraquece a estabilidade do Oriente Médio e que Washington tomaria medidas adicionais contra os responsáveis.

Morte de Khashoggi enfraquece estabilidade do Oriente Médio, diz secretário de Defesa dos EUA

O assassinato do colunista de Khashoggi, colunista do Washington Post, escalou para uma crise entre os dois maiores exportadores mundiais de petróleo. Aliados da Arábia Saudita reagiram com indignação contra o país que é um dos pilares do bloco regional apoiado pelos Estados Unidos contra a crescente influência iraniana no Oriente Médio.

Mas Mattis também disse que o respeito dos Estados Unidos pelo povo saudita não diminuiu, enquanto o ministro saudita das Relações Exteriores, Adel al-Jubeir disse que aqueles por trás do assassinato seriam processados no reino e que a investigação levaria algum tempo.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que saber tudo sobre o caso, ao mesmo tempo em que alertava sobre o papel de Riad como aliado contra Teerã e militantes islâmicos, bem como um grande comprador de armas dos EUA.

Crime

Com nosso interesse coletivo na paz e respeito inabalável por direitos humanos em mente, o assassinato de Jamal Khashoggiem um prédio diplomático deve preocupar bastante a todos”, disse Mattis em uma entrevista coletiva no Barein.

– A falência de qualquer nação em aderir a normas e internacionais e o respeito à lei enfraquece a estabilidade regional no tempo em que ela é mais necessária – disse Mattis.

Ele não mencionou o governante de fato, o príncipe Mohammed bin Salman por nome em nenhum momento.

O promotor público da Arábia Saudita disse que o assassinato de Khashoggi foi premeditado, contradizendo um comunicado oficial anterior de que teria acontecido acidentalmente durante uma briga no consulado saudita em Istambul.

Autoridades sauditas também disseram que ele foi morto acidentalmente em uma operação de segurança que visava trazê-lo de volta para o reino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *