Motoristas de caminhões de lixo fazem paralisação no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 24 de agosto de 2021 as 11:56, por: CdB

Segundo os motoristas, que dirigem os caminhões de lixo, há o contato diário com o material coletado nas ruas, o que faz com que tenham direito ao benefício pago pela prefeitura. No entanto, o valor não tem sido repassado pela prestadora de serviço. 

Por Redação, com Brasil de Fato – do Rio de Janeiro

Motoristas prestadores de serviço da CS Brasil, empresa terceirizada pela ​​ Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), fizeram uma paralisação na manhã desta terça-feira no Rio de Janeiro. O protesto aconteceu das 4h às 8h para reivindicar o pagamento de insalubridade dos trabalhadores.

Os trabalhadores, que dirigem os caminhões de lixo, tem contato diário com o material coletado nas ruas

Segundo os motoristas, que dirigem os caminhões de lixo, há o contato diário com o material coletado nas ruas, o que faz com que tenham direito ao benefício pago pela prefeitura. No entanto, o valor não tem sido repassado pela prestadora de serviço.

De acordo com o representante da categoria, Cosme Barbosa, disse ao jornal O Dia, a paralisação foi definida em assembleia, realizada na última sexta-feira. Cerca de 150 motoristas aderiram ao protesto.

“Nós coletamos o lixo do Rio de Janeiro e temos direito ao adicional de insalubridade que a prefeitura repassa, mas isso não tem chegado até a gente. Essa é a nossa reivindicação”, afirmou ao jornal.

Comlurb

Em nota enviada à imprensa, a Comlurb respondeu que a paralisação já foi finalizada e os caminhões estão circulando normalmente.

“O impacto foi de um pequeno atraso nos serviços em algumas localidades, uma vez que a Comlurb possui atualmente planos de contingência preparados para estas situações pontuais”, completou a Companhia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code