Mourinho diz apoiar assistente Rui Faria para treinar o Arsenal

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 4 de maio de 2018 as 14:10, por: CdB

A mídia britânica noticiou que Faria, de 42 anos, é um dos mais cotados pelo Arsenal para substituir Arsène Wenger, que deixará o clube do norte de Londres depois de quase 22 anos no comando

Por Redação, com Reuters – de Londres:

O técnico do Manchester United, José Mourinho, acredita que seu assistente de longa data Rui Faria “se encaixaria bem” como treinador do Arsenal quando a vaga se tornar disponível no final da temporada.

Mourinho e Rui Faria

A mídia britânica noticiou que Faria, de 42 anos, é um dos mais cotados pelo Arsenal para substituir Arsène Wenger; que deixará o clube do norte de Londres depois de quase 22 anos no comando.

Faria trabalha com o também português Mourinho desde 2001; e juntos já conquistaram 25 troféus em seis times.

Quando indagado se seu assistente está na disputa pelo emprego no Arsenal; Mourinho respondeu: “Eu acho, sim. Não sei (se ele quer ser técnico). Você me pergunta se eu acho que ele se encaixaria bem e eu digo ‘sim’”.

– E o digo porque, mais que meu assistente, ele é meu amigo. Se meu amigo tivesse a possibilidade de um grande emprego um dia; eu o ajudaria a fazer e carregar as malas e lhe desejaria sorte.

– Eu o conheci quando ele era um garoto na universidade e trabalhamos juntos durante 18 anos. Ele é um grande amigo, mais que um assistente.

Mikel Arteta e Patrick Vieira, ex-meio-campistas do Arsenal, Luis Enrique, ex-treinador do Barcelona; e Zeljko Buvac, assistente do Liverpool, também estão sendo cogitados para a vaga no Arsenal, segundo a mídia britânica.

Mané

O Liverpool se sente capaz de derrotar qualquer time do mundo e disputará sem medo a final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid neste mês; disse o ponta Sadio Mané, um dos destaques do time inglês.

Os gigantes espanhóis buscam seu terceiro título europeu em quatro anos e 13º na história, mas Mané disse que o Liverpool, que marcou 40 gols na competição deste ano, chega à decisão em Kiev no dia 26 de maio cheio de confiança.

– Acreditamos sinceramente que podemos derrotá-los – disse o senegalês de 26 anos à mídia britânica. “Posso dizer que, neste momento, temos muito respeito pelo Madrid; eles são um dos melhores times do mundo, mas nós somos o Liverpool; somos fortes e capazes de derrotar qualquer time do mundo”.

– Iremos lá e lutaremos pelos torcedores, pelo clube, lutaremos sem medo e venceremos a final. Temos os jogadores. Conseguimos marcar gols, mostramos isso e não há nada para temermos.

O clube inglês conquistou a Liga dos Campeões quatro vezes em seu auge; nos anos 1970 e 1980, e voltou a levantar o título em 2005, apesar de duas décadas de resultados frustrantes na liga inglesa.

Dejan Lovren, zagueiro do Liverpool, elogiou o técnico Juergen Klopp por transformar o clube no momento; em que buscam seu primeiro troféu sob o comando do alemão.

O elenco de Klopp

O elenco de Klopp perdeu na final da Copa da Inglaterra e da Liga Europa em 2016; mas Lovren afirma que o treinador já forjou uma mentalidade vencedora na equipe.

– Ele mudou muitas coisas no clube, não só os jogadores, mas as coisas ao redor do clube – pessoas, ele mudou a mentalidade, como pensamos – disse o croata aos repórteres.

– Ele merece isto. Não é acidental que ele já tenha chegado à final da Liga dos Campeões em 2013 com o Borussia Dortmund. Ele devolveu o orgulho ao clube. Todos deveriam ter orgulho de termos um técnico como ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *