Museu sobre acidente nuclear de Fukushima abre suas portas

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 20 de setembro de 2020 as 12:12, por: CdB

O primeiro museu público sobre o acidente nuclear de Fukushima abriu suas portas neste domingo na província, que fica localizada no nordeste japonês. O Museu do Grande Terremoto do Leste do Japão e Memorial do Desastre Nuclear ficam em Futaba, cidade que teve sua recomendação de evacuação suspensa parcialmente em março.

Por Redação, com ABr – de Tóquio

O primeiro museu público sobre o acidente nuclear de Fukushima abriu suas portas neste domingo na província, que fica localizada no nordeste japonês.

ragédia pode ter matado 1,6 mil pessoas em 2011
ragédia pode ter matado 1,6 mil pessoas em 2011

O Museu do Grande Terremoto do Leste do Japão e Memorial do Desastre Nuclear ficam em Futaba, cidade que teve sua recomendação de evacuação suspensa parcialmente em março.

Junto com a cidade de Okuma, Futaba abriga o complexo da usina nuclear Fukushima 1, palco de um dos piores acidentes nucleares da história. Três reatores da usina derreteram após um enorme terremoto e um tsunami atingirem a região em março de 2011.

O museu da província é repleto de enormes telas que mostram como as comunidades estavam quando o acidente aconteceu, e como os moradores evacuaram em meio e após a tragédia.

O local

O local ainda exibe aproximadamente 150 objetos e vídeos para explicar a confusão inicial causada pelo acidente, os esforços de descontaminação e o enorme impacto do acidente. Estima-se que, em  razão da tragédia, houve 1,6 mil mortes, notadamente entre idosos que viviam em casas de repouso, devido às más condições de evacuação.

O museu também conta com residentes e moradores da região, que compartilham suas experiências pessoais com visitantes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *