Nadal diz que recuperação de cirurgia no tornozelo é melhor que o esperado

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 24 de dezembro de 2018 as 10:41, por: CdB

Nadal, de 32 anos, não disputa um torneio desde 8 de setembro, quando abandonou a semifinal do US Open, contra o argentino Juan Martín del Potro, por um problema abdominal.

Por Redação, com EFE – de Madri

Após passar por uma cirurgia no tornozelo direito, o tenista espanhol Rafael Nadal revelou no domingo que a recuperação está sendo melhor do que ele esperava e que a atual pré-temporada é melhor do que a do ano passado.

o tenista espanhol Rafael Nadal

– Estou dando muitos passos para frente desde a cirurgia no pé. Comecei a jogar uma semana antes e com mais intensidade do que pensávamos. Aqui estamos, jogando mais ou menos firme, mas esperançosos para começar a nova temporada – disse o jogador em entrevista concedida à emissora CNN.

– Terminei o ano passado com meus joelhos muito mal. Não cheguei bem preparado para o início da última temporada – explicou.

Nadal, de 32 anos, não disputa um torneio desde 8 de setembro, quando abandonou a semifinal do US Open, contra o argentino Juan Martín del Potro, por um problema abdominal.

O espanhol volta às quartas em Abu Dhabi, com o tradicional torneio de exibição de Mubalada, entre 27 e 29 de dezembro. Depois, já parte para a Austrália, onde estreará no circuito no ATP 250 de Brisbane, preparatório para o Aberto da Austrália.

O vice-líder do ranking da ATP também comentou as inundações registradas em Mallorca, região onde ele nasceu, em outubro.

– Foi terrível, um dia muito difícil, aterrorizante e muito triste. Vivi essa tragédia muito de perto. Foi muito triste para as pessoas que perderam todas suas coisas, mas, sobretudo, pelas vidas que não podemos trazer de volta – afirmou.

Nadal revelou que teria que treinar no dia seguinte à tragédia, mas não conseguiu permanecer na quadra. Foi quando decidiu ir, junto com um grupo de amigos, ajudar as vítimas na cidade de Sant Llorenc.

– No dia seguinte, fomos à quadra e depois de 10 minutos, eu disse: ‘Meninos, não posso treinar’. Depois disso, decidimos ir para lá. Isso foi tudo – afirmou Nadal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *