Naomi Osaka sobe para sétima no ranking após título nos EUA

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 10 de setembro de 2018 as 14:04, por: CdB

Osaka, de apenas 20 anos, ganhou 12 posições com o triunfo em Nova York, o primeiro de uma tenista do Japão em chaves de simples de Grand Slam, entre homens e mulheres

Por Redação, com EFE – de Nova York

A tenista japonesa Naomi Osaka, que no último sábado conquistou o primeiro título de Grand Slam da carreira ao derrotar a americana Serena Williams na final do US Open, assumiu nesta segunda-feira a sétima colocação do ranking da WTA.

A tenista japonesa Naomi Osaka

Osaka, de apenas 20 anos, ganhou 12 posições com o triunfo em Nova York, o primeiro de uma tenista do Japão em chaves de simples de Grand Slam, entre homens e mulheres.

Já Serena, que permaneceu afastada das quadras por mais de um ano para dar à luz a primeira filha e voltou em março, foi vice-campeã de um ‘major’ pela segunda vez seguida, após Wimbledon, e voltou ao top 20. A americana agora é 16ªcolocada.

Apesar da eliminação logo na estreia do US Open, a romena Simona Halep continua sendo a número 1 do mundo, com 8.061 pontos, contra 5.975 da segunda colocada, a dinamarquesa Caroline Wozniaki, que deu adeus ao torneio na segunda rodada.

Djokovic

Após ter conquistado o terceiro título do US Open na carreira no domingo, o sérvio Novak Djokovic ganhou três posições no ranking da ATP nesta segunda-feira e voltou à terceira colocação, da qual estava abaixo desde maio do ano passado.

Djokovic, que obteve o 14º título de Grand Slam da carreira ao bater o argentino Juan Martín del Potro em sets diretos, com parciais de 6-3, 7-6(4) e 6-3, tem agora 6.445 pontos e está atrás apenas do suíço Roger Federer (6.900) e do espanhol Rafael Nadal (8.760).

– Delpo’ desceu um degrau e agora é o quarto colocado da lista, enquanto o alemão Alexander Zverev, eliminado pelo compatriota Philipp Kohlschreiber ainda na terceira rodada, fecha o top 5, em quinto lugar.

Quem mais caiu entre os 10 primeiros colocados foi Kevin Anderson. Vice-campeão no ano passado, o sul-africano caiu ainda nas oitavas de final e perdeu quatro lugares, aparecendo em nono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *