Nave espacial é projetada por Musk para levar o homem a Marte

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias, Universo
Publicado domingo, 29 de setembro de 2019 as 14:46, por: CdB

Além de Marte, a Starship, um veículo interplanetário reutilizável, poderá levar o homem à Lua e a outros lugares do espaço, segundo Musk. No entanto, o veículo deverá ainda ser submetido a testes, publicou o site The Verge.

Por Redação, com Sputniknews – de Boca Chica Village – TX-EUA

 

O diretor-geral da companhia aeroespacial norte-americana SpaceX, Elon Musk, apresentou ao público a espaçonave Starship, projetada para levar o homem a Marte.

A apresentação, na noite passada, aconteceu nas instalações da empresa no sul do Estado norte-americano do Texas, próximo ao povoado de Boca Chica. O evento foi conduzido por Musk, o qual comentou as capacidades da nova espaçonave.

Representação gráfica de uma instalação projetada para o planeta Marte
Representação gráfica de uma instalação projetada para o planeta Marte

Além de Marte, a Starship, um veículo interplanetário reutilizável, poderá levar o homem à Lua e a outros lugares do espaço, segundo Musk. No entanto, o veículo deverá ainda ser submetido a testes, publicou o site The Verge.

— Dentro de aproximadamente um ou dois meses, esta espaçonave subirá cerca de 20 km. Depois, ela voltará à Terra — disse Musk durante o evento.

Oxigênio líquido

Em um segundo teste, a espaçonave deverá ser enviada para orbitar no espaço. Caso isso ocorra, a Starship poderá levar uma tripulação ao espaço já no ano que vem.

A Starship deverá contar com o “foguete mais poderoso da história”, segundo a empresa desenvolvedora SpaceX. A razão disso estaria nos seus motores Raptor de fluxo completo, à base de metano criogênico e oxigênio líquido.

– Dentro de aproximadamente um ou dois meses, esta espaçonave subirá cerca de 20 km. Depois, ela voltará à Terra – disse Musk durante o evento.

Colonizando o espaço

Musk também ressaltou que a Starship tem capacidade de carregar cerca de 100 toneladas em carga, além de dezenas de pessoas. Isso permitiria a construção de colônias em Marte e bases na Lua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *