Nave espacial da SpaceX falha ao pousar e explode

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias, Universo
Publicado quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021 as 11:14, por: CdB

A nave Número de Série 9 (SN9, na sigla em inglês) da empresa SpaceX realizou “um voo de teste”, subindo quase 10 quilômetros antes de cair estrondosamente durante tentativa de pouso.

Por Redação, com Sputnik – de Washington

A nave Número de Série 9 (SN9, na sigla em inglês) da empresa SpaceX realizou “um voo de teste”, subindo quase 10 quilômetros antes de cair estrondosamente durante tentativa de pouso.

A nave Número de Série 9 (SN9, na sigla em inglês) da empresa SpaceX realizou “um voo de teste”

O protótipo da nave espacial SN9, que faz parte da SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk, seguiu os passos de seu predecessor SN8 na terça-feira explodindo durante o seu lançamento experimental em alta altitude em Boca Chica, Texas, EUA.

Imagens do vídeo de lançamento mostram a tentativa de aterrissagem do foguete de aço inoxidável.

– Tivemos, novamente, outro grande voo (…) só temos que trabalhar um pouco nesse pouso – comentou John Insprucker, engenheiro de integração principal da SpaceX após o evento, conforme relatado pelo canal CNBC.

– Então, tudo dito, outro grande (voo), e um lembrete, este é um voo de teste, a segunda vez que lançamos uma nave espacial nesta configuração – comentou ele.

– Temos muitos dados bons e (alcançamos) o objetivo principal de demonstrar o controle do veículo e da reentrada subsônica.

O SN9 teria subido quase 10 quilômetros antes de sua falha descida.

A empresa aeroespacial pretende usar o foguete no futuro para transportar até 100 pessoas de cada vez durante missões a Marte e à Lua.

Lançamento sob lupa

A Agência Federal de Aviação dos EUA (FAA, na sigla em inglês) comunicou que supervisionará a investigação do lançamento.

“A FAA supervisionará a investigação do incidente de aterrissagem de hoje envolvendo o protótipo da nave espacial SN9 da SpaceX em Boca Chica, Texas”, disse a Agência na terça-feira.

“Embora este tenha sido um voo de teste não tripulado, a investigação identificará a causa raiz do contratempo de hoje e possíveis oportunidades para aumentar ainda mais a segurança à medida que o programa se desenvolver.”

O lançamento da nave ocorreu logo após a FAA ter confirmado a conformidade da empresa com “a segurança e os regulamentos federais relacionados”.

“A FAA determinou no final da segunda-feira que a SpaceX está em conformidade com todos os regulamentos federais de segurança e afins, e está autorizada a conduzir operações de voo da nave espacial SN9 de acordo com sua licença de lançamento”, detalha o memorando da FAA, conforme relatado pelo CNBC.

No entanto, o Departamento de Transporte dos EUA havia proibido anteriormente a SpaceX de realizar novos lançamentos de testes devido a uma violação relatada de sua licença durante o lançamento da SN8 em dezembro do ano passado.