Negociador da União Europeia diz a Londres que acordo do Brexit é o único possível

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 29 de novembro de 2018 as 11:34, por: CdB

Barnier falou a uma quase vazia câmara do Parlamento Europeu agora que a UE espera um veredicto de Londres, onde May tenta obter a aprovação de uma legislatura dividida ao pacto, que será votado no dia 11 de dezembro.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O negociador da União Europeia para o Brexit, Michel Barnier, disse ao Reino Unido nesta quinta-feira que o acordo de separação que o bloco acertou com a primeira-ministra britânica, Theresa May, é o único possível.

Negociador da União Europeia para o Brexit, Michel Barnier

Barnier falou a uma quase vazia câmara do Parlamento Europeu agora que a UE espera um veredicto de Londres, onde May tenta obter a aprovação de uma legislatura dividida ao pacto, que será votado no dia 11 de dezembro.

O bloco insiste que o acordo do Brexit selado depois de 18 meses de conversas não será renegociado.

– Dado o alto grau de complexidade das questões em torno da saída do Reino Unido, o tratado para uma saída ordeira que está na mesa é o único acordo possível – disse Barnier em comentários traduzidos do francês.

– Agora é o momento da ratificação.

Na quarta-feiram o Banco da Inglaterra disse que a economia britânica corre o risco de sofrer um abalo ainda maior do que durante a crise financeira global de 10 anos atrás se romper com a UE sem um acordo daqui a quatro meses.

– Não é uma questão de vencedores e perdedores, porque o Brexit é uma perda de todos. Não existe valor agregado – afirmou Barnier.

– Estou convencido de que conseguiremos trabalhar juntos por uma parceria real e inédita – disse ele sobre o relacionamento futuro de Londres com a UE, que começará a ser debatido depois da desfiliação do dia 29 de março de 2019.

Durante o debate parlamentar da UE nesta quinta-feira, Nigel Farage, defensor do Brexit, disse que o acordo de May será rejeitado pelo Parlamento britânico por ser “o pior acordo da história”.

Barnier foi muito elogiado por parlamentares do bloco nesta quinta-feira pela maneira como conduziu as negociações da separação, um sentimento visto em muitas partes da EU, o que aumenta as chances do francês caso ele concorra para o principal cargo da UE no ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *