Newcastle segue desfalcado parte do elenco após surto de covid-19 no clube

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 11 de dezembro de 2020 as 13:10, por: CdB

O técnico do Newcastle United, Steve Bruce, disse nesta sexta-feira que ainda está sem alguns dos jogadores que testaram positivo para covid-19, mas está aliviado por ter “dois ou três” de volta ao elenco para a rodada do Campeonato Inglês.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O técnico do Newcastle United, Steve Bruce, disse nesta sexta-feira que ainda está sem alguns dos jogadores que testaram positivo para covid-19, mas está aliviado por ter “dois ou três” de volta ao elenco para a rodada do Campeonato Inglês.

Steve Bruce, técnico do Newcastle, durante partida contra o Crystal Palace pelo Campeonato Inglês
Steve Bruce, técnico do Newcastle, durante partida contra o Crystal Palace pelo Campeonato Inglês

O centro de treinamento do Newcastle foi fechado na semana passada depois que vários integrantes do time e da comissão técnica testaram positivo para o novo coronavírus, forçando a liga a adiar a partida contra o Aston Villa.

Newcastle retomou o treinamento nesta semana

No entanto, o Newcastle retomou o treinamento nesta semana e Bruce disse que eles estão em uma situação melhor para o jogo de sábado contra o West Bromwich Albion.

– As pessoas foram testadas duas vezes e deram negativo. Temos o suficiente, espero, para ganhar a partida – afirmou Bruce aos repórteres enquanto elogiava a equipe médica do clube.

– Esperamos ter reduzido isso, certamente é o que parece. Ainda temos alguns indivíduos isolados … Temos dois ou três jogadores que voltaram ao time e tiveram resultados negativos.

– Foi um número significativo de pessoas (com teste positivo). Estaremos sem um grande número de jogadores neste sábado, mas a partir de segunda-feira teremos alguns retornando que nos ajudarão – acrescentou.

Bruce não citou as pessoas com teste positivo por respeito à privacidade delas.

Embora o centro de treinamento tenha sido fechado, Bruce disse que os jogadores receberam instruções para treinar por conta própria.

– Eles tiveram seus próprios programas individuais semelhantes a quando entramos em confinamento. O preparador físico conseguiu monitorá-los – completou Bruce.