Neymar desfalcará PSG por quatro semanas por lesão

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 14 de outubro de 2019 as 15:24, por: CdB

O atacante Neymar, do Paris St Germain, ficará fora de combate por pelo menos quatro semanas devido a uma lesão na coxa.

Por Redação, com Reutes – de Paris

O atacante Neymar, do Paris St Germain, ficará fora de combate por pelo menos quatro semanas devido a uma lesão na coxa, informou nesta segunda-feira o time, que lidera o Campeonato Francês.

Neymar durante amistoso da seleção brasileira contra Senegal, em Cingapura
Neymar durante amistoso da seleção brasileira contra Senegal, em Cingapura

“Neymar foi submetido a uma ressonância magnética nesta tarde… um check up médico será realizado em oito dias, mas seu retorno é esperado em quatro semanas, a depender da evolução (da lesão)”, disse o PSG em um comunicado.

Neymar sentiu a contusão durante o empate do Brasil com a Nigéria por 1 a 1 no domingo, em amistoso disputado em Cingapura.

O atacante deve perder os próximos dois jogos do PSG na Liga dos Campeões, ambos contra o Club Brugge, que ocorrerão na semana que vem e no dia 6 de novembro.

Lyon nomeia Rudi Garcia como novo técnico

Rudi Garcia, ex-técnico do Olympique de Marselha e da Roma, assumirá o comando do Olympique de Lyon no lugar do brasileiro Sylvinho, que foi demitido na semana passada, anunciou o time nesta segunda-feira.

“O Olympique de Lyon confirma a indicação de Rudi Garcia como técnico a partir de hoje”, disse o clube em um comunicado, acrescentando que o treinador de 55 anos assinou contrato até 2021.

Sylvinho foi demitido após uma série de partidas sem vitória no Campeonato Francês depois de ganhar os dois primeiros jogos da temporada.

Em 2011, Garcia foi eleito melhor técnico da liga depois de levar o Lille à conquista do título e ao segundo triunfo na Copa da França.

Depois ele ajudou a Roma a conquistar o vice-campeonato da liga italiana em 2014.

Garcia assumiu o Marselha em 2016, deixando o time no final da temporada passada após conduzi-lo à final da Liga Europa de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *