Nível de chuvas nos reservatórios tende a cair, prevê ONS

Arquivado em: Destaque do Dia, Energia, Meio Ambiente, Natureza, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 3 de novembro de 2018 as 15:11, por: CdB

Para o Nordeste, também houve um corte, para 59% da média, de 60%. No Sul, porém, o ONS agora prevê precipitações neste mês em 111% da média, versus 103% anteriormente.

 

Por Redação – do Rio de Janeiro

 

O Operador Nacional do Sistema Elétrico projeta chuvas em 103% da média histórica em reservatórios de hidrelétricas do Sudeste em novembro, ante previsão anterior de 109%, conforme boletim semanal divulgado nesta quinta-feira.

O regime de chuvas tem reduzido o volume de água na maioria dos reservatórios brasileiros
O regime de chuvas tem reduzido o volume de água na maioria dos reservatórios brasileiros

Para o Nordeste, também houve um corte, para 59% da média, de 60%. No Sul, porém, o ONS agora prevê precipitações neste mês em 111% da média, versus 103% anteriormente. As hidrelétricas são a principal fonte para geração de energia no Brasil.

O ONS disse ainda que o aumento de carga no Sistema Nacional deverá ser de 2,1% em novembro na comparação com igual mês do ano anterior. Na semana passada, o Operador previa incremento de 2%.

Em Alagoas

Um levantamento divulgado neste sábado pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh), no entanto, revela que 2017 choveu quase o dobro do que foi registrado em 2018.

A média acumulada, que é o volume de chuva em todo o Estado, de 2018 foi de 710,1 mm. Já em 2017, A média acumulada de 2017 é de 1.392,7 mm. Os meses de janeiro (61,3) e fevereiro (94,6) de 2018 superaram o volume de chuva de 2017, com 13,1 e 22,6, respectivamente.

Entretanto, os meses de maio (370,6), junho (370,6) e julho (239,9) do ano passado registrou uma quantidade de chuva significativa. Por causa da falta de chuva, 38 municípios de Alagoas tiveram a situação de emergência por causa da seca reconhecida pelo Governo do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *