De Norte a Sul do país aumenta repulsa a Bolsonaro, constata pesquisa

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado domingo, 8 de novembro de 2020 as 15:56, por: CdB

Na capital paulista, a aprovação de Bolsonaro foi de 29% para 25% em relação à aferição de 21 e 22 de setembro, “mas numa curva descendente”, apontou o jornal.

Por Redação – de São Paulo

A aprovação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caiu em São Paulo e em Belo Horizonte, duas das principais capitais do país, de acordo com pesquisa Datafolha realizada no início de novembro e publicada neste domingo. O resultado é idêntico em todas as demais regiões do país.

“Bolsonaro ‘paz e amor’, do diálogo e de um suposto governo de centro-direita é uma contrafação
“Bolsonaro ‘paz e amor’, do diálogo e de um suposto governo de centro-direita é uma imagem impossível

No Rio de Janeiro e no Recife, há maior estabilidade na avaliação do presidente ante levantamentos anteriores do instituto, segundo publicação no diário conservador paulistano Folha de S.Paulo (FSP).

Na capital paulista, a aprovação de Bolsonaro foi de 29% para 25% em relação à aferição de 21 e 22 de setembro, dentro da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou menos de todas as pesquisas, “mas numa curva descendente”, apontou o jornal.

Viés de baixa

A reprovação, por sua vez, marcou 48%, ante 46%. Acham o governo federal regular 27%, oscilação positiva de três pontos em comparação com o fim de setembro.

Na capital mineira, o apoio a Bolsonaro foi de 40% para 35% em relação a uma pesquisa feita em 5 e 6 de outubro, disse a Folha. “Quem acha o governo ruim ou péssimo oscilou de 37% para 38%, enquanto 26% veem o presidente como regular — antes eram 23%.”

No Rio, a aprovação de Bolsonaro está estável, “com viés de baixa”, diz a FSP. Seu índice de ótimo ou bom foi de 37% para 34% em relação a 5 e 6 de outubro, enquanto o ruim/péssimo saiu de 38% para 41%. O regular permaneceu em 25%.

Já no Recife, o quadro é de estabilidade mais clara em relação ao início de outubro. Segundo o Datafolha, 28% acham Bolsonaro ótimo ou bom (eram 29%), 47% o reprovam (eram 44%) e 28% o percebem como regular (ante 23%).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code