Novo Mac da Apple pode reacender guerra dos processadores

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tablet & Celulares, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 9 de novembro de 2020 as 12:49, por: CdB

A Apple deve lançar nesta terça-feira novos computadores Mac usando seus próprios processadores, um movimento que pode reacender a corrida para controlar o mercado de chips de computadores e beneficiar empresas como a Qualcomm.

Por Redação, com Reuters – de São Francisco

A Apple deve lançar nesta terça-feira novos computadores Mac usando seus próprios processadores, um movimento que pode reacender a corrida para controlar o mercado de chips de computadores e beneficiar empresas como a Qualcomm.

A Apple deve lançar novos computadores Mac usando seus próprios processadores
A Apple deve lançar novos computadores Mac usando seus próprios processadores

O mercado tem sido dominado pela Intel e pela AMD desde 2006, quando a Apple se juntou à maioria das outras grandes fabricantes de computadores no uso de chips baseados na arquitetura de computação ‘x86’ da Intel.

Na terça-feira, a Apple deve iniciar um processo de dois anos para encerrar seu relacionamento de quase 15 anos com a Intel, introduzindo computadores Mac com chips projetados pela própria empresa e baseados na tecnologia de arquitetura de computação da Arm, que a Nvidia concordou em comprar do SoftBank em um negócio de 40 bilhões de dólares.

Os chips

A Apple desenvolverá os chips usando a tecnologia Arm e os fabricará por um parceiro, provavelmente a Taiwan Semiconductor Manufacturing, que produz processadores para o iPhone.

A entrada da Apple no mercado provavelmente chamará a atenção do consumidor para a emergente mudança tecnológica, especialmente se a Apple começar a desenvolver chips que rivalizam com o desempenho da Intel.

Os PCs baseados tecnologia da Arm têm diferenças importantes em relação às máquinas baseadas em chips da Intel. Como os chips são derivados de smartphones em que o consumo de energia é uma preocupação importante, eles tendem a reivindicar uma vida útil de bateria melhor do que os dispositivos convencionais. Como os smartphones, eles também são ligados rapidamente e podem permanecer constantemente conectados a redes de dados de celular.

Software usado por grandes empresas

Ben Bajarin, principal analista de inteligência de mercado de consumo da Creative Strategies, disse que o teste crucial para computadores baseados na tecnologia da Arm será se os desenvolvedores reescreverão o software usado por grandes empresas, que ainda são os maiores compradores dos dispositivos. A entrada da Apple no mercado não garante que isso aconteça.

– A maior parte da base de desenvolvedores hardcore da Apple usará ferramentas de desenvolvedor próprias da Apple – disse ele. Mas com a Microsoft também fornecendo ferramentas de desenvolvimento para Windows, uma mudança mais ampla “não está fora das possibilidades”.