O Expresso Polar decepciona em estréias nos EUA

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado domingo, 14 de novembro de 2004 as 18:44, por: CdB

O filme de animação Os Incríveis permaneceu na liderança das bilheterias de fim de semana na América do Norte, enquanto que o longa O Expresso Polar, que teria custado US$ 270 milhões, estreou numa distante segunda posição, de acordo com estimativas dos estúdios de cinema, divulgadas neste domingo.

Os Incríveis vendeu cerca de US$ 51 milhões em ingressos desde a última sexta-feira, afirmou um porta-voz da Disney, que distribuiu a produção da Pixar. Em dez dias, o filme arrecadou US$ 144 milhões.

O Expresso Polar, filme de animação computadorizada que conta com Tom Hanks em diversos papéis, iniciou sua jornada nas salas de cinema com a modesta venda de US$ 23,5 milhões em ingressos no final de semana, segundo seu distribuidor, a Warner Bros. Desde seu lançamento, na última quarta-feira, o filme arrecadou US$ 30,8 milhões.

O jornal The Wall Street classificou a produção de “um trem descarrilhado de proporções acachapantes”. Entretanto, o influente crítico do Chicago Sun Times, Roger Ebert, disse que o filme “tem a qualidade de vários entretenimentos duradouros para crianças”. Baseado em um livro infantil sobre a viagem de um garotinho para encontrar-se com Papai Noel, o filme usa novas técnicas de animação por computador para tornar Hanks em uma versão animada de si mesmo. O filme é dirigido por Robert Zemeckis, que já tinha trabalhado com Hanks em Forrest Gump e Náufrago.