Ocorrências de roubo de carga caem após primeiro dia de operação

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 26 de janeiro de 2018 as 13:21, por: CdB

Segundo balanço, divulgado no fim da manhã, o registro diário de roubo de carga nas regiões patrulhadas caiu de uma média de 29 ocorrências por dia para cinco

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

A operação conjunta entre as Forças Armadas, Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional, iniciada no dia anterior, reduziu o número de ocorrências de roubo de carga no primeiro dia de patrulhamento nas estradas federais do Rio de Janeiro, divulgou nesta sexta-feira o Comando Conjunto das Operações em Apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública.

A operação terá caráter permanente, com ações surpresas nos acessos às rodovias federais que cortam o estado do Rio

Segundo balanço, divulgado no fim da manhã; o registro diário de roubo de carga nas regiões patrulhadas caiu de uma média de 29 ocorrências por dia para cinco.

A operação terá caráter permanente, com ações surpresas nos acessos às rodovias federais que cortam o estado do Rio.

Além de BRs, como as rodovias Presidente Dutra (BR-116) e a Washington Luiz (BR-040); as ações ocorrem em trechos da Avenida Brasil e do Arco Metropolitano.

O patrulhamento, iniciado na quinta-feira, ocorreu de forma alternada em 109 pontos de acesso. Foram revistados 3549 caminhões, 4172 carros, 1851 motocicletas e 443 vans.

Estiagem faz Rio decretar emergência em cidades

O governo do estado do Rio de Janeiro decretou na quinta-feira situação de emergência nos municípios de Natividade, Itaperuna e São Francisco de Itabapoana pela estiagem registrada nos últimos meses. O decreto foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira.

Segundo o governo, as três cidades do norte fluminense já registram prejuízos na produção agrícola com a pouca ocorrência de chuvas. Em Natividade, produtores locais já teriam acumulado perdas de R$ 5 milhões.

O decreto libera os municípios para contratar serviços e obras sem licitação; desde que sejam para atender à situação de emergência.  A medida terá vigência de 180 dias.

Previsão de chuvas

A meterologista Marlene Leal, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet); explica que uma massa de ar tropical está sobre parte das regiões Sudeste e Centro-Oeste e têm impedido o avanço de frentes frias, que chegam do Sul.

– Esse bloqueio deve ser rompido nos próximos dias. A gente tem uma previsão de chuvas que podem ser fortes; atingindo a região Centro-Oeste e o Sudeste como um todo.

Segundo informações do Inmet, choveu em Itaperuna apenas 15% do que era esperado para o mês de outubro. Em novembro, a chuva superou as expectativas em 10%, mas foram registrados déficits de precipitação em dezembro e janeiro, com chuvas 45% e 35% abaixo do previsto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *