Ocupação da Síria pela Turquia deve terminar, afirma chanceler

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 23 de setembro de 2021 as 11:01, por: CdB

Não obstante a posição síria, a Turquia decidiu recentemente enviar tropas adicionais para o noroeste da Síria antes de uma reunião de autoridades turcas e líderes da Rússia e do Irã, marcada para a próxima semana.

Por Redação, com Sputnik – de Damasco

O ministro de Relações Exteriores da Síria, Faisal Mekdad, disse em entrevista à agência russa de notícias Sputnik na quarta-feira que Damasco considera a presença militar da Turquia no seu país um ato de ocupação e que Ancara deve retirar imediatamente suas forças.

Ocupação da Síria pela Turquia deve terminar, afirma chanceler sírio

Mekdad ressaltou que as tropas turcas devem abandonar os territórios disputados, já que a Síria considera a sua presença uma violação de seus direitos.

– A principal razão para isso (a escalada na região de Idlib) é a ocupação turca e o apoio prestado pela Turquia aos grupos terroristas  – afirmou o chanceler sírio.

– A Turquia deve se retirar imediatamente e a comunidade internacional deve apoiar os esforços sírios na libertação dos territórios ocupados no norte do país – acrescentou.

Ele afirmou que a escalada em Idlib foi causada pela presença turca na região e o seu apoio aos grupos islamistas.

Turquia

Não obstante a posição síria, a Turquia decidiu recentemente enviar tropas adicionais para o noroeste da Síria antes de uma reunião de autoridades turcas e líderes da Rússia e do Irã, marcada para a próxima semana.

Em agosto de 2016, a Turquia lançou no norte da Síria a operação Escudo do Eufrates, oficialmente para expulsar desta zona o Daesh (organização terrorista, proibida na Rússia e em vários outros países) e os combatentes das Forças Democráticas da Síria (FDS), que são consideradas por Ancara um ramo sírio do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code