Oi tem prejuízo acima do esperado no 2º tri

Arquivado em: Negócios, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 15 de agosto de 2019 as 11:07, por: CdB

A empresa teve prejuízo trimestral de R$ 1,559 bilhão, em comparação a um prejuízo de R$ 1,258 bilhão no mesmo período do ano anterior.

Por Redação, com Reuters – de São Paulo

A empresa de telecomunicações Oi (OIBR3.SA) divulgou prejuízo líquido para o segundo trimestre na quarta-feira maior do que o esperado por analistas, em resultado pressionado por aumento nos custos do serviço da dívida e fraqueza do real.

A maior operadora de telefonia fixa do Brasil também disse que os investimentos (capex) consolidados subiram 50,7% no 2º trimestre

A empresa teve prejuízo trimestral de R$ 1,559 bilhão, em comparação a um prejuízo de R$ 1,258 bilhão no mesmo período do ano anterior.

Analistas esperavam, em média, um prejuízo líquido de R$ 437 milhões, segundo dados Refinitiv.

A empresa de telecomunicações, que entrou com pedido de falência em junho de 2016 para reestruturar aproximadamente R$ 65 bilhões de dívida, registrou receita líquida de R$ 5,091 bilhões, queda de 8,2% em relação ao ano anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), um indicador de desempenho operacional, caiu 22%, para R$ 1,218 bilhão. Projeções compiladas pela Refinitv apontavam Ebitda de R$ 1,432 bilhão.

A dívida líquida da Oi no final de junho atingiu R$ 12,6 bilhões, 25,5% acima do ano anterior.

A maior operadora de telefonia fixa do Brasil também disse que os investimentos (capex) consolidados aumentaram 50,7% no segundo trimestre, para R$ 2,06 bilhões.

Assim como seus competidores no Brasil, a Oi está focada em expandir seu serviço de banda larga de fibra para casa (FTTH) e cobertura 4.5G antes de um leilão de espectro 5G esperado para 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *