Olimpíadas de Tóquio começam oficialmente sob a sombra da covid-19

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 23 de julho de 2021 as 12:16, por: CdB

 

Após ter sido adiada em um ano por conta da pandemia do novo coronavírus, as Olimpíadas de Tóquio, no Japão, começaram oficialmente nesta sexta-feira, com uma cerimônia de abertura esvaziada por causa da crise sanitária.

Por Redação, com ANSA – de Tóquio

Após ter sido adiada em um ano por conta da pandemia do novo coronavírus, as Olimpíadas de Tóquio, no Japão, começaram oficialmente nesta sexta-feira, com uma cerimônia de abertura esvaziada por causa da crise sanitária.

Os Jogos Olímpicos começaram oficialmente

Sem torcida nas arenas e com uma série de protocolos anticovid, o megaevento será uma das edições de Jogos Olímpicos mais incomuns da história.

A covid-19 segue sendo o grande inimigo das Olimpíadas, pois já afetou quase centenas de pessoas relacionadas ao evento, entre elas atletas e funcionários. Nos 19 novos casos descobertos nas últimas horas, três são competidores que estão hospedados na Vila Olímpica.

O número de contágios em Tóquio segue alto e vem deixando os organizadores das Olimpíadas preocupados. A média desta semana de novas contaminações por dia chegou a 1.373 casos, 55% a mais que na semana anterior.

A capital japonesa também está no seu quarto estado de emergência desde o início da pandemia de covid-19. A medida ficará em vigor até dia 22 de agosto.

Aumento de casos da doença

O aumento de casos da doença também elevou a rejeição dos japoneses pelos Jogos Olímpicos. De acordo com uma pesquisa feita pelo jornal Asahi Shimbun, divulgada no início desta semana, 55% da população local são contrários à realização do evento.

Além do coronavírus Sars-Cov-2 e da baixa popularidade, as Olimpíadas tiveram ao longo do processo alguns escândalos, como a renúncia do presidente do Comitê Organizador, Yoshiro Mori, por conta de uma série de comentários sexistas feitos em uma reunião.

Já o diretor das cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos, Kentaro Kobayashi, foi demitido do cargo em função de uma piada sobre o Holocausto. A sua saída aconteceu somente um dia antes do início oficial.

Entre outros escândalos, o diretor-executivo de criação das Olimpíadas, Hiroshi Sasaki, renunciou ao seu cargo após ser acusado de gordofobia contra a atriz japonesa Naomi Watanabe.

Os Jogos Olímpicos começaram oficialmente nesta sexta-feira e vão acabar somente no dia 8 de agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code