Ônibus são incendiados em confronto entre quadrilhas no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 4 de outubro de 2019 as 11:12, por: CdB

Pelo menos quatro ônibus foram incendiados, segundo o RioÔnibus, sindicato das empresas de transporte rodoviário. 

 

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A disputa pelos pontos de venda de drogas na comunidade da Pedreira, em Costa Barros, na Zona Norte do Rio de Janeiro, resultou em um intenso confronto na madrugada desta sexta-feira entre quadrilhas rivais.

Confronto entre quadrilhas têm pelo menos quatro ônibus incendiados
Confronto entre quadrilhas têm pelo menos quatro ônibus incendiados

Pelo menos quatro ônibus foram incendiados, segundo o RioÔnibus, sindicato das empresas de transporte rodoviário.

Confrontos

Por causa dos confrontos, a polícia reforçou o patrulhamento nas comunidades da Pedreira e da Quitanda. A Polícia Militar fez um cerco na área, com homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), que também fazem incursões nas comunidades.

A Polícia Civil também participa das ações com delegacias distritais e unidades especializadas, como a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Ainda não há informação sobre vítimas nos tiroteios.

Disputa entre criminosos

O confronto entre quadrilhas rivais na quinta-feira pelo controle da comunidade da Pedreira, em Costa Barros, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, deixou pelo menos um morto e seis feridos. A informação foi divulgada pelo delegado Rodrigo Barros, da Delegacia da Pavuna (39ª DP).

Os dois grupos criminosos disputam os pontos de venda de drogas da comunidade e no fim da tarde de ontem houve um confronto entre as quadrilhas. Ônibus foram incendiados e a circulação de trens do ramal Belford Roxo, da Supervia, foi interrompida.

As escolas municipais da região não estão funcionando hoje, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação, devido à sensação de insegurança no local.

A Polícia Militar fez um cerco na área, com homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), que também fazem incursões nas comunidades. A Polícia Civil também participa das ações com delegacias distritais e unidades especializadas, como a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

 Ladrões de celulares

Policiais da 71ª DP (Itaboraí) prenderam, na quinta-feira, Jessica Cristina da Costa Barbosa Rodrigues, durante operação para prender receptadores de celulares, cuja autoria foi identificada em inquéritos de roubo apurados pela distrital.

No Centro do municipio, a equipe localizou Jessica Cristina, que estava em posse de um aparelho celular identificado como roubado na madrugada do dia 30 de abril deste ano. Na ocasião do crime, a vítima foi abordada, no bairro Vila Brasil, por cinco bandidos armados.

Em depoimento, a autora apresentou diversas contradições em suas declarações sobre a aquisição do aparelho, demonstrando conhecimento do aparelho roubado. Jéssica indicou que havia recebido o celular de uma outra pessoa, cuja autoria no roubo será apurada.

Policiais da 119ªDP (Rio Bonito) prenderam, Lucas de Aguiar da Conceição Estarnek, 19 anos, que havia dado entrada no Hospital Darcy Vagas.

Os agentes foram até o local, onde cumpriram mandados de busca e apreensão e mandado de prisão preventiva, pelo crime de roubo, oriundos de investigações da própria unidade policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *