ONU lamenta medidas de Trump contra Tribunal Penal Internacional

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 12 de junho de 2020 as 10:32, por: CdB

O escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) lamentou o impacto que as sanções impostas pelos Estados Unidos e autorizadas pelo presidente norte-americano, Donald Trump.

Por Redação, com Reuters – de Genebra

O escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) lamentou o impacto que as sanções impostas pelos Estados Unidos e autorizadas pelo presidente norte-americano, Donald Trump, podem ter em julgamentos e investigações que estão em andamento no Tribunal Penal Internacional (TPI), afirmando que a independência da corte tem de ser protegida.

Presidente dos EUA, Donald Trump, participa de reunião em Dallas
Presidente dos EUA, Donald Trump, participa de reunião em Dallas

Na quinta-feira Trump autorizou a imposição pelos EUA de sanções econômicas e relacionadas a viagens contra funcionários do tribunal sediado em Haia envolvidos em uma investigação sobre se forças norte-americanas cometerem crimes de guerra no Afeganistão.

Influências impróprias

– A independência do TPI e sua habilidade de operar sem interferência deve ser garantida para que ele possa decidir as questões sem influências impróprias, indução, pressões, ameaças ou interferência, direta ou indireta, por qualquer razão – disse o porta-voz para Direitos Humanos da ONU Rupert Collins durante briefing em Genebra.

– Vítimas de violações brutais dos direitos humanos e de violações graves da lei humanitária internacional e suas famílias tem o direito à reparação e à verdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code