Operação desmonta ferro-velho clandestino na Zona Norte

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 11 de março de 2020 as 10:33, por: CdB

Os automóveis e peças acumulavam lixo e água parada, permitindo a proliferação de mosquitos e ratos e tornando-se possíveis focos de doenças, além de impedir a circulação de pedestres, que eram obrigados a transitar pela rua.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Uma ação coordenada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) desmontou, na terça-feira, um ferro-velho clandestino que ocupava a calçada da Rua Iranduba, em Cordovil, na Zona Norte.

Ação coordenada pela Seop desmontou ferro-velho em Cordovil
Ação coordenada pela Seop desmontou ferro-velho em Cordovil

O local era usado para desmanche de automóveis e venda de peças. Ao todo, a Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer) removeu nove veículos em estado de abandono, e a Comlurb recolheu 2,5 toneladas de peças. A operação contou com o apoio do 16º BPM (Olaria) e da 31ª Região Administrativa (Vigário Geral).

Os automóveis e peças acumulavam lixo e água parada, permitindo a proliferação de mosquitos e ratos e tornando-se possíveis focos de doenças, além de impedir a circulação de pedestres, que eram obrigados a transitar pela rua. A ação foi realizada em atendimento à demanda da população registrada na Central 1746.

Em Bangu, ação especial de ordenamento

A Seop também coordenou, nesta terça-feira, ação especial de ordenamento em Bangu, na Zona Oeste. A força-tarefa atuou na fiscalização do trânsito e do comércio ambulante, e na limpeza urbana do Calçadão de Bangu e da Rua Roque Barbosa, na localidade do Catiri.

Como resultado, foram multados 19 veículos, recolhida 1,1 tonelada de resíduos sólidos, e apreendidos 90 itens, entre carrocinhas, moendas, tendas, estufa, capas de celulares e carrinho de mercado, além de 106 quilos de bananas. Com exceção das frutas, que foram doadas para instituição social, todo o material foi encaminhado para o depósito da Coordenadoria de Controle Urbano (CCU), em Bonsucesso.

Participaram da ação equipes da Subsecretaria de Operações (Subop) e da Guarda Municipal, vinculadas à Seop; da CCU, ligada à Secretaria Municipal de Fazenda; da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos; Comlurb; e da Polícia Militar, em apoio aos agentes municipais.

Comércio ambulante

Agentes da Coordenadoria de Controle Urbano (CCU), da Secretaria Municipal de Fazenda, atuaram, em Campo Grande e na Freguesia, em Jacarepaguá. A equipe apreendeu mais de 200 itens comercializados de forma irregular, como capas de celular, acessórios eletrônicos e bolsas.

Em Campo Grande, a ação ocorreu no calçadão do bairro e nas ruas do entorno. Os agentes fiscalizaram 123 ambulantes em conformidade e aplicaram 18 multas aos que atuavam em desacordo com a legislação. Aqueles que atuavam sem autorização e que não possuíam o crachá do programa Ambulante Legal foram orientados a desocupar o espaço público e buscar regularização na Prefeitura.

No bairro da Freguesia, a equipe multou três ambulantes irregulares e também desocupou 30 barracas em uma feira que funcionava sem alvará.

Os agentes da CCU, vinculada à Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, seguem nas ruas trabalhando para o ordenamento urbano na cidade.