Operação policial deixa nove mortos no Rio de Janeiro

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021 as 13:50, por: CdB

Uma operação policial realizada na manhã desta terça-feira deixou nove mortos em comunidades do subúrbio da cidade do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar (PM), os mortos eram suspeitos de entrar em confronto com os policiais.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Uma operação policial realizada na manhã desta terça-feira deixou nove mortos em comunidades do subúrbio da cidade do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar (PM), os mortos eram suspeitos de entrar em confronto com os policiais.

Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

“Durante as incursões, as equipes foram atacadas por criminosos armados em diversos pontos das comunidades. Ao todo, nove suspeitos foram atingidos e não resistiram aos ferimentos”, informa a nota da PM.

A operação começou no início da manhã nas comunidades da Caixa d’Água e Morro do 18 (em Quintino), do Morro do Urubu (em Pilares), do Flechal (no Engenho da Rainha) e do Barão, Bateau Mouche e Chacrinha (na Praça Seca).

De acordo com a PM, a ação visa interromper os confrontos entre quadrilhas criminosas rivais, que disputam o controle armado dessas comunidades, com o objetivo de explorar atividades ilegais.

Seis pessoas foram presas. Também foram apreendidos cinco fuzis, quatro pistolas e uma submetralhadora.

Tráfico de drogas

Policiais civis da 48ª DP (Seropédica) prenderam, na segunda-feira, um homem acusado de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. A prisão foi realizada após monitoramento do setor de inteligência.

Segundo os agentes, contra o acusado foi cumprido mandado de prisão expedido pela Justiça. Ele foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça.

Assalto e homicídio

Policiais civis da 99ª DP (Itatiaia) e militares prenderam em flagrante quatro suspeitos de envolvimento em um assalto e um homicídio. A prisão foi uma ação integrada de inteligência.

Segundo os agentes, as diligências começaram após o registro de um roubo e um assassinato em um posto de gasolina, em Penedo, município de Itatiaia. Os policiais levantaram informações e foram em busca dos autores. A equipe da 99ª DP localizou os quatro suspeitos caminhando no mato ao lado de uma rodovia, próximos ao veículo roubado. Após cerco os envolvidos foram detidos e confessaram participação nos dois crimes.

A ação aconteceu no último domingo.

Venda irregular de gás

Policiais civis da 57ª DP (Nilópolis) prenderam, na segunda-feira, um homem acusado de venda irregular de gás de cozinha. Ele foi preso no bairro Nova Cidade, em Nilópolis, na Baixada Fluminense, após cruzamento de dados do setor de inteligência.

Segundo os agentes, o autor tem uma loja de mesas e cadeiras e mantinha botijões de GLP para comercialização sem permissão e de forma insegura. Durante a ação, o homem não apresentou autorização do Corpo de Bombeiros, nem da Agência Nacional de Petróleo.