Operação Segurança Presente chega a Bangu

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 20 de setembro de 2019 as 14:36, por: CdB

A Operação funcionará, diariamente, das 8h às 20h, e atuará no centro comercial do bairro localizado na Avenida Cônego de Vasconcelos.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

A Operação Segurança Presente em Bangu, na Zona Oeste do Rio, foi inaugurada nesta sexta-feira. A Operação funcionará, diariamente, das 8h às 20h, e atuará no centro comercial do bairro localizado na Avenida Cônego de Vasconcelos (Calçadão de Bangu). A base, que será a décima terceira do programa, ficará instalada na mesma avenida, na esquina da Rua Professor Clemente Ferreira

 

O programa Segurança Presente tem como objetivo promover ações de segurança pública

A operação contará com 60 agentes fixos, entre policiais militares e agentes civis egressos das Forças Armadas e 2 assistentes sociais que farão atendimentos na base. Além disso, todos os dias serão disponibilizadas 19 vagas para policiais militares que queiram trabalhar na folga.

Mais informações:

O programa Segurança Presente tem como objetivo promover ações de segurança pública visando um ambiente seguro e realiza ações de serviço social como o acolhimento de moradores de rua que estejam em situação de vulnerabilidade.

A Operação Segurança Presente é um programa de patrulhamento complementar ao policiamento feito pelos Batalhões. Atualmente, está presente em 10 bairros e dois municípios: Lapa, Centro, Aterro do Flamengo, Lagoa, Ipanema, Leblon, Tijuca, Méier, Laranjeiras, Nova Iguaçu, Copacabana e Niterói, estes dois últimos por convênio com as respectivas prefeituras. A equipe é integrada por policiais militares, agentes civis (egressos das Forças Armadas) e assistentes sociais.

Barreira Fiscal

Agentes da Operação Barreira Fiscal participaram na quinta-feira com fiscais da Receita Federal, do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem/RJ) e da Secretaria de Fazenda (Sefaz/) da Operação Vaga-Lume. Na ação, dois depósitos com mercadorias irregulares foram fechados no bairro de Água Santa, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Após denúncias recebidas pelo IPEM, as equipes se deslocaram para o local e encontraram grande quantidade de mercadorias sem identificação do importador e sem certificação do Inmetro. Os produtos apreendidos foram lâmpadas de led, refletores de led, luminárias e cadeirinhas de bebê para carro. Ainda não é possível calcular a quantidade de mercadorias e o valor da apreensão.

Os dois depósitos foram lacrados pela Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) e pela Delegacia de Comércio  Exterior (Decex) da Receita Federal. Toda a mercadoria apreendida será transferida para o depósito da Receita Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *