Operações investigam contratos de saúde em municípios do Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 24 de novembro de 2020 as 12:45, por: CdB

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF), em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), deflagraram nesta terça-feira a Operação Octopus para investigar contratos de saúde em cinco municípios da Região dos Lagos.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF), em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), deflagraram nesta terça-feira a Operação Octopus para investigar contratos de saúde em cinco municípios da Região dos Lagos, no Estado do Rio de Janeiro. Segundo a PF, os contratos sob investigação se aproximam de R$ 30 milhões.

PF, MPF e CGU investigam contratos de saúde em municípios do Rio
PF, MPF e CGU investigam contratos de saúde em municípios do Rio

A ação conta com a participação de 41 agentes públicos da PF, MPF e CGU que cumprem dez mandados de busca e apreensão nas prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde de Búzios, Araruama, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Iguaba Grande.

As investigações partiram do compartilhamento de informações da Operação Scepticus, na qual se apurou fraude na aplicação de recursos do Fundo Municipal de Saúde nos municípios de Carapebus e Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Esquema criminoso

Segundo a PF, os indícios apontam que o mesmo esquema criminoso pode estar sendo replicado nas cidades da Região dos Lagos, com vasto prejuízo aos cofres públicos. São alvos da investigação pelo menos sete contratações com as empresas envolvidas.

Dentre as suspeitas de fraude verificadas estão a escolha de empresas com sede em endereços residenciais, sem empregados e bens.

Carga de cocaína

Policiais civis da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), em ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreenderam, na segunda-feira, uma carga de 40 tabletes de cocaína pura, na Serra das Araras, no município de Piraí. A ação representa um prejuízo de aproximadamente R$ 1 milhão aos criminosos.

A droga estava em um veículo, que foi abordado quando vinha de São Paulo. Os agentes desconfiaram do nervosismo do motorista e fizeram uma busca minuciosa no automóvel. Foi então que, com o auxílio de cães farejadores, a cocaína foi localizada.

O motorista foi preso por tráfico interestadual de drogas. Ele relatou que a carga seria entregue a narcotraficantes da cidade do Rio de Janeiro, que pagariam a ele a quantia de R$ 5 mil para fazer o transporte até o bairro de Irajá, na Zona Norte.