Orçamento de US$ 4,8 trilhões proposto por Trump deve enfrentar dificuldade no Congresso

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020 as 13:08, por: CdB

É esperado que os democratas se oponham aos cortes de gastos profundos em programas domésticos e que alguns republicanos expressem dúvidas a respeito de dívidas e déficits.

Por Redação, com Reuters – de Washington

O Orçamento de US$ 4,8 trilhões encaminhado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para o ano fiscal de 2021 provavelmente será mal recebido pelos parlamentares nesta segunda-feira devido às suas propostas de corte de gastos de ajuda estrangeira e programas de amparo social.

Presidente dos EUA, Donald Trump, em Washington
Presidente dos EUA, Donald Trump, em Washington

A Casa Branca planeja apresentar o projeto para o ano fiscal a ser iniciado em 1º de outubro às 12h30 locais, mas funcionários do governo confirmaram cifras essenciais do documento no final de semana.

É esperado que os democratas se oponham aos cortes de gastos profundos em programas domésticos e que alguns republicanos expressem dúvidas a respeito de dívidas e déficits.

O Orçamento pede uma redução de 21% nos recursos destinados a ajuda estrangeira, dos US$ 55,7 bilhões do ano fiscal de 2020 para US$ 44,1 bilhões.

Programas de amparo social

Prevê ainda economias com desembolsos com programas de amparo social, incluindo US$ 130 bilhões do Medicare, através de reformas de preços de remédios, US$ 292 bilhões em cupons alimentares e programas do Medicaid por meio da sanção de novas exigências trabalhistas para os beneficiários, e US$ 70 bilhões através de uma redução da eligibilidade de deficientes para benefícios federais.

Um funcionário do governo disse que a Casa Branca está fazendo as propostas de cortes substanciais apesar da suposição de que o Congresso, que controla os gastos do país, disponibilizará mais dinheiro do que Trump quer para os gastos.

Diante das previsões de crescimento econômico forte, o Orçamento prevê cerca de US$ 3,7 trilhões em arrecadação no ano fiscal de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *