Organizadores anunciam programação para Jogos de Tóquio

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 17 de julho de 2020 as 11:48, por: CdB

A Olimpíada de Tóquio do próximo ano seguirá um cronograma de competição quase idêntico ao planejado para este ano antes do adiamento devido à pandemia de coronavírus, disseram os organizadores nesta sexta-feira.

Por Redação, com Reuters – de Tóquio/Londres

A Olimpíada de Tóquio do próximo ano seguirá um cronograma de competição quase idêntico ao planejado para este ano antes do adiamento devido à pandemia de coronavírus, disseram os organizadores nesta sexta-feira.

CEO do comitê da Tóquio 2020, Toshiro Muto
CEO do comitê da Tóquio 2020, Toshiro Muto

O Comitê Olímpico Internacional (COI) e o governo japonês decidiram em março adiar os Jogos para 2021, e os organizadores estão trabalhando para reorganizar um evento que está sendo preparado há quase uma década.

A nova data para a cerimônia de abertura no recém-construído Estádio Nacional, 23 de julho de 2021, já havia sido anunciada, mas o cronograma completo estava pendente de aprovação final até sexta-feira, quando o comitê organizador de Tóquio 2020 fez uma apresentação para o COI em Lausanne.

Os Jogos estavam programados para começar em 24 de julho deste ano.

A nova programação

A nova programação significa que o softbol feminino iniciará a competição às 9h (horário local) em Fukushima no dia 21 de julho, dois dias antes da abertura oficial dos Jogos, com todos os eventos ocorrendo um dia antes da programação de 2020.

Também houve algumas pequenas alterações nos horários.

Os Jogos serão os maiores de todos os tempos, com um recorde de 339 medalhas disponíveis, antes da cerimônia de encerramento, em 8 de agosto.

Um dos maiores obstáculos para os organizadores era garantir as 42 instalações necessárias para os Jogos, já que muitas já haviam sido reservadas para 2021. No entanto, o diretor executivo de operações de Tóquio 2020, Satoshi Yamashita, disse nesta semana que todas foram “asseguradas verbalmente”.

Thomas Bach

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse nesta sexta-feira que está pronto para concorrer a um segundo mandato nas eleições do ano que vem.

Bach, de 66 anos, foi eleito pela primeira vez em 2013 para um mandato de oito anos e é elegível para um mandato adicional de quatro anos depois disso.

– Se vocês, membros do COI, quiserem, estou pronto para concorrer a um segundo mandato como presidente do COI e continuar a servir a vocês e a esse movimento olímpico, que tanto amamos, por mais quatro anos – disse ele em uma sessão do comitê realizada por videoconferência.

Bach é um ex-esgrimista olímpico que ganhou uma medalha de ouro para a Alemanha Ocidental no evento da equipe nos Jogos de 1976 em Montreal.