Pai de Neymar assegura que jogador não pretende deixar PSG

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 12 de abril de 2019 as 13:37, por: CdB

Por Redação, com EFE  e Reuters – de Paris/Praga

O pai e empresário do atacante brasileiro Neymar afirmou que seu filho não tem intenção de deixar o Paris Saint-Germain, apesar dos rumores que apontam para sua saída do clube francês.

O atacante brasileiro, de 27 anos, voltou a treinar com bola na quinta-feira, desde que lesionou o pé direito, no dia 23 de janeiro, em uma partida da Copa da França

– O desejo do Neymar de estar no PSG foi expresso há dois anos e os torcedores podem dormir em paz: o Neymar não quer deixar o PSG. Ele quer ficar no PSG, voltar aos gramados e ajudar o clube a conquistar títulos, como o Campeonato Francês e a Liga dos Campeões –  disse Neymar pai, à emissora de TV francesa RMC Sport.

O agente do jogador também disse que os rumores sobre uma possível transferência “sempre existirão”, pois “não se pode ter um jogador como Neymar sem pessoas e clubes sonhando com ele”.

O atacante brasileiro, de 27 anos, voltou a treinar com bola na quinta-feira, desde que lesionou o pé direito, no dia 23 de janeiro, em uma partida da Copa da França.

De acordo com o planejamento do jogador, sua intenção é retornar ao time no próximo dia 27, data da final da copa, contra o Rennes.

Dessa forma, Neymar começará a ganhar ritmo de jogo para a Copa América, que será disputada aqui no Brasil, a partir do dia 14 de junho.

PSG deveria me ouvir mais, diz Dani Alves

Dani Alves, lateral experiente do Paris St Germain, disse na quinta-feira que o time deveria seguir suas recomendações para melhorar na Liga dos Campeões.

Com três títulos da Liga dos Campeões, três títulos de Mundial de Clubes e dois triunfos na Liga Europa entre suas conquistas, o lateral é o jogador com mais títulos em atividade, mas sente que sua voz não está sendo ouvida pelos atuais líderes isolados do Campeonato Francês.

O PSG foi eliminado da Liga dos Campeões nas oitavas de final três anos seguidos, perdendo do Manchester United pelo saldo de gols fora de casa nesta temporada depois de vencer a partida de ida por 2 x 0 em Old Trafford.

– Sei como vencer – disse o brasileiro de 35 anos, que trocou a Juventus pelo PSG em 2017 e está negociando uma prorrogação de contrato para a próxima temporada, à RMC Sport.

– Quando quero dizer algo, gostaria de ser seguido. Não porque sou melhor que qualquer outro, mas porque já passei por isso.

– Quando alguém já passou por isso, talvez seja bom ouvi-lo, confiar em sua experiência. Talvez funcione, talvez não. Gostaria que, quando digo algo, ouvissem mais – afirmou.

O PSG está prestes a conquistar seu oitavo troféu na liga francesa, o que pode conseguir no domingo evitando uma derrota para o segundo colocado Lille no campo do rival.

Torcedores do Chelsea têm negada entrada em estádio

Três torcedores do Chelsea foram impedidos de entraram na Eden Arena, estádio do Slavia Praga, para a partida de ida das quartas de final da Liga Europa nesta quinta-feira depois que um suposto canto racista contra o atacante do Liverpool Mohammed Salah foi publicado em uma rede social, disse a Sky Sports.

O Chelsea, que enfrentará o Liverpool fora de casa pelo Campeonato Inglês no domingo, divulgou um comunicado em seu site condenando qualquer forma de comportamento discriminatório.

– O Chelsea FC considera todas as formas de comportamento discriminatório repugnantes e onde houver evidência clara de detentores de ingressos do Chelsea ou membros envolvidos em tais comportamentos, vamos adotar as ações mais fortes possíveis contra eles – afirmou o clube.

– Esses indivíduos são uma vergonha para a vasta maioria dos torcedores do Chelsea, que não os toleram em seu clube.

Salah é ex-jogador do Chelsea e segue a fé muçulmana.

A organização anti-discriminação Kick It Out tuitou: “Não é nas arquibancadas, mas ainda assim é uma vergonha, Não queremos esses torcedores em qualquer lugar que seja próximo do nosso esporte”.

– Estaremos em contato com o @ChelseaFC para garantir que os envolvidos sejam identificados e punidos rápida e efetivamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *