Paolo Rossi, herói da Copa de 1982, morre aos 64 anos

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 10 de dezembro de 2020 as 12:04, por: CdB

A morte do ex-atacante, carrasco da seleção brasileira naquele Mundial, chega no momento em que o mundo do futebol ainda chora a morte do ídolo argentino Diego Maradona, que morreu no final do mês passado.

Por Redação, com Reuters – de Roma

Paolo Rossi, herói goleador da Itália na campanha vitoriosa da Copa do Mundo de 1982, morreu aos 64 anos.

Paolo Rossi durante partida entre Itália e Brasil na Copa do Mundo de 1982
Paolo Rossi durante partida entre Itália e Brasil na Copa do Mundo de 1982

A morte do ex-atacante, carrasco da seleção brasileira naquele Mundial, chega no momento em que o mundo do futebol ainda chora a morte do ídolo argentino Diego Maradona, que morreu no final do mês passado.

A rede de televisão italiana RAI Sport, na qual Rossi trabalhava como comentarista, disse nesta quinta-feira que “Pablito” morreu de uma “doença incurável”.

– Que notícia terrivelmente triste: Paolo Rossi nos deixou – tuitou Enrico Varriale, apresentador da RAI Sport.

– Inesquecível Pablito, que fez todos nós nos apaixonarmos naquele verão de 1982 e que foi um colega de trabalho precioso e competente na RAI nos últimos anos.

A esposa de Rossi, Federica Cappelletti, publicou uma foto no Instagram na qual aparece ao lado do marido com as palavras “per sempre”.

– Nunca haverá ninguém como você, único, especial… – escreveu Cappelletti mais tarde, em italiano, no Facebook.

Federação Italiana de Futebol

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) disse que bandeiras serão hasteadas a meio mastro em sua sede de Roma e em seu centro técnico de Florença.

– O falecimento de Pablito é mais um momento de dor profunda, uma ferida no coração de todos os torcedores que é difícil curar. Perdemos um amigo e um ícone de nosso futebol – disse o presidente da FIGC, Gabriele Gravina.