Papa Francisco escolhe arcebispo italiano para nunciatura apostólica do Brasil

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 29 de agosto de 2020 as 15:13, por: CdB

Nascido em Bolonha, norte da Itália, em 18 de março de 1954, o arcebispo italiano Giambattista Diquattro foi ordenado sacerdote em 1981, segundo o site romano de notícias Vatican News, é mestre em direito civil pela Universidade de Catânia e em teologia dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.

Por Redação, com Ansa – de Roma

O papa Francisco nomeou, neste sábado, o arcebispo italiano Giambattista Diquattro como novo núncio apostólico no Brasil. O religioso substitui dom Giovanni D’Aniello, que se despediu na semana passada e assumirá a nunciatura apostólica, na Rússia. Diquattro é arcebispo de Giromonte, na Argélia, e exercia até então o cargo de núncio na Índia e no Nepal.

Nascido em Bolonha, norte da Itália, o arcebispo italiano Giambattista Diquattro é mestre em direito civil pela Universidade de Catânia e em teologia dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.
Nascido em Bolonha, norte da Itália, o arcebispo Giambattista Diquattro é mestre em direito civil pela Universidade de Catânia

Nascido em Bolonha, norte da Itália, em 18 de março de 1954, Diquattro foi ordenado sacerdote em 1981, segundo o site romano de notícias Vatican News, e é mestre em direito civil pela Universidade de Catânia e em teologia dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma; além de doutor em direito canônico pela Pontifícia Universidade Lateranense, também da capital italiana.

Embaixador

O religioso integra o serviço diplomático da Santa Sé desde maio de 1985 e já serviu nas missões da Igreja na República Centro-Africana, na República Democrática do Congo, no Chade e nas Nações Unidas. Também trabalhou na Secretaria de Estado do Vaticano e na nunciatura na Itália, além de ter sido núncio no Panamá e na Bolívia.

Esse cargo é o equivalente a um embaixador da Santa Sé nos outros países.