Papa Francisco diz que vacinação é ‘ato de amor’

Arquivado em: América do Norte, América Latina, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 18 de agosto de 2021 as 10:57, por: CdB

A declaração foi feita em uma mensagem de vídeo em espanhol divulgada nesta quarta-feira para a iniciativa internacional “De ti depende” (Depende de você), das organizações americanas Ad Council e Covid Collaborative. A gravação é dirigida a comunidades afetadas pelo coronavírus nas Américas do Norte, Central e do Sul.

Por Redação, com DW – de Cidade do Vaticano

O papa Francisco afirmou que se vacinar contra a covid-19 é um “ato de amor”, fazendo um apelo aos fiéis para que sejam imunizados. “Graças a Deus e ao trabalho de muitos, hoje temos vacinas para nos proteger da covid-19”, acrescentou o pontífice argentino.

Ele diz que imunização é ato de amor para com os mais frágeis

A declaração foi feita em uma mensagem de vídeo em espanhol divulgada nesta quarta-feira para a iniciativa internacional “De ti depende” (Depende de você), das organizações americanas Ad Council e Covid Collaborative. A gravação é dirigida a comunidades afetadas pelo coronavírus nas Américas do Norte, Central e do Sul.

– (As vacinas) trazem esperança para acabar com a pandemia, mas somente se estiverem disponíveis para todos e se colaborarmos uns com os outros – disse o líder da Igreja Católica.

– Ajudar a maioria das pessoas a fazê-lo (vacinar-se) é um ato de amor. Amor a si mesmo, amor à família e aos amigos, amor a todos os povos – completou Francisco, de 84 anos.

Participação brasileira

No vídeo em espanhol e português, com duração de três minutos e divulgado nas mídias sociais, aparecem ainda os arcebispos José Gómez, dos Estados Unidos, e Miguel Cabrejos, do Peru, além dos cardeais do Brasil, Cláudio Hummes, do México, Carlos Aguir Retes, de Honduras, Rodríguez Maradiaga, e de El Salvador, Gregorio Rosa Chávez.

O cardeal brasileiro, que falou em português na mensagem, destacou os “esforços heroicos dos profissionais de saúde” na luta contra a pandemia, e disse que as vacinas são “seguras e eficazes para proteger toda a família humana”.

– Do norte ao sul da América, apoiamos a vacinação para todos – afirmou também o cardeal mexicano.

A campanha surge numa época em que as infecções por covid-19 continuam em nível alto em países como Argentina, Brasil, Colômbia, El Salvador, Honduras, México e Peru, onde a taxa de vacinação permanece baixa.

Em Honduras, só 5,5% da população recebeu as doses necessárias da vacina para completar a inoculação. No Brasil, apenas 23,6% dos habitantes estão completamente imunizados, de acordo com dados oficiais.

Em El Salvador, a percentagem sobe para 30%, mas ainda assim está bem abaixo dos 51% nos Estados Unidos. Segundo a agência Efe, cerca de metade dos imigrantes hispânicos nos EUA continua sem tomar a vacina.

Mudança de percepção

– Queremos mudar a percepção sobre a eficácia e a segurança das vacinas de covid-19 – explicou uma das responsáveis pela iniciativa, Tania Sanjurjo, do grupo Ad Council, citada pela Efe. Ela sublinhou que os líderes religiosos que participam no vídeo “têm grande influência na população hispânica”.

A campanha, também conhecida pela expressão em inglês “It’s up to you”, visa “levar informação baseada em fatos e que pode salvar vidas às populações que têm dúvidas sobre as vacinas contra a covid-19”.

A iniciativa já recorreu anteriormente a outras personalidades, incluindo os ex-presidentes norte-americanos Barack Obama, George W. Bush, Bill Clinton e Jimmy Carter, além de músicos, atores e atletas, segundo um comunicado das organizações que criaram a campanha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code