Parlamentares querem cassar filho ’03’ de Bolsonaro, por alta traição

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 11 de agosto de 2020 as 13:48, por: CdB

O filho ’03’ do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), como é conhecido, confirmou ter transmitido o dossiê às autoridades norte-americanas. Os deputados da oposição falam em crimes de lesa-pátria.

Por Redação – de Brasília

Um grupo de parlamentares estuda a melhor forma de pedir a cassação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) por alta traição, depois que ele divulgou o envio da cópia de um dossiê produzido sobre militantes antifascistas por setores de Inteligência do governo, à embaixada dos Estados Unidos. O arquivo inclui informações de centenas de pessoas e foi elaborado pelo deputado estadual Douglas Garcia (PTB-SP).

Eduardo criticou aqueles que acusam que tudo é culpa do governo Jair Bolsonaro
O deputado Eduardo Bolsonaro (Republicanos-SP) está na mira do Conselho de Ética da Câmara

O filho ’03’ do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), como é conhecido, confirmou ter transmitido o dossiê às autoridades norte-americanas. Os deputados da oposição falam em crimes de lesa-pátria e traição cometido pelos parlamentares, ao conspirarem com estrangeiros contra cidadãos brasileiros.

A existência do dossiê foi confirmada pela Justiça. Garcia foi condenado na semana passada a indenizar uma mulher que teve seu nome incluído na lista de supostos “terroristas”. Para elaborar o dossiê, Garcia pediu a colaboração dos seus apoiadores nas redes sociais.

Democracia

Estes, então, citaram nomes, números de documentos, endereços e perfis de milhares pessoas que se posicionam de forma contrária ao governo Bolsonaro. A lista inclui desde professores universitários a policiais militares e federais que se intitulam como antifascistas; além de integrantes de movimentos sociais que integram a luta em defesa da democracia.

Além dos parlamentares, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também afirmou que Eduardo Bolsonaro deveria ser “denunciado e cassado” pela entrega do dossiê aos americanos. O possível crime de traição do filho do presidente esteve entre os assuntos mais comentados no Twitter.

“Hoje leio nos jornais que o filho do Bolsonaro foi entregar o nome de mil brasileiros antifascistas para o governo dos EUA. Esse menino deveria ser denunciado e cassado”, escreveu Lula.

Soberania

Já o deputado Ivan Valente (PSOL-SP), acredita que a Lava Jato precisa ser questionada, sob o ponto de vista da segurança nacional.

“Eduardo Bolsonaro pode, sim, perder o mandato por entregar informações sobre brasileiros aos EUA, atitude rastejante. A Lava Jato também violou a soberania nacional ao estabelecer cooperação clandestina com o Departamento de Justiça”, afirmou, no Twitter.

1 thought on “Parlamentares querem cassar filho ’03’ de Bolsonaro, por alta traição

  1. Lamentávelmente aqui é Brasil, poderosos não vão para cadeia. Com a quantidade de coisas contra essa família de corruptos, escritório do ódio, rachadinhas com Queiroz, mesada da primeira dama e não acontece nada. Quem está blindando essa família??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *