Participação do Google no mercado de anúncios em ferramentas de pesquisa começa a diminuir

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 15 de outubro de 2019 as 13:08, por: CdB

O Google enfrenta investigações do Departamento de Justiça e do Comitê Judiciário da Câmara dos Deputados, com base em alegações de que ele abusa desse domínio violando a lei antitruste.

Por Redação, com Reuters – de Washington/Cidade do México/Bruxelas

O Google, da Alphabet, domina o crescente mercado norte-americano de publicidade em ferramentas de pesquisa, mas a Amazon está crescendo rapidamente, de acordo com dados da empresa de pesquisa de mercado eMarketer divulgados nesta terça-feira.

Participação do Google no mercado de anúncios em ferramentas de pesquisa começa a encolher
Participação do Google no mercado de anúncios em ferramentas de pesquisa começa a encolher

Os dados do EMarketer mostraram que o mercado de anúncios em pesquisas nos EUA crescerá quase 18% em 2019, e o Google terá 73,1% desse mercado e receita de US$ 40,33 bilhões. A EMarketer disse que a participação do Google diminuirá para 70,5% até 2021.

O Google enfrenta investigações do Departamento de Justiça e do Comitê Judiciário da Câmara dos Deputados, com base em alegações de que ele abusa desse domínio violando a lei antitruste.

Os dados também mostraram que a Amazon, que ultrapassou a Microsoft na segunda posição em 2018, e detém 12,9% do mercado, aumentou sua receita da área para US$ 7,09 bilhões.

“As pesquisas sugerem que a maioria das buscar por produtos começa agora na Amazon, fazendo com que o player de pesquisa número 2 cresça rapidamente e roube a participação de seu maior rival”, afirmou o eMarketer.

Completando os cinco primeiros está a Microsoft, com 6,5% do mercado, a Verizon Media, que inclui a AOL, com 2%, e o site de avaliações Yelp com 1,8%, disse a eMarketer.

UE

A luta do Google contra uma multa antitruste da Uniao Europeia de 2,4 bilhões de euros, será resolvida em fevereiro de 2020 na segunda mais alta corte da Europa, segundo as partes envolvidas no caso.

O Tribunal Geral, em Luxemburgo, ouvirá argumentos do Google e de um grupo de lobby de tecnologia que o apoia, enquanto a Comissão Europeia será apoiada pela Alemanha e oito empresas.

A audiência está marcada para 12 a 14 de fevereiro, disse Richard Stables, presidente-executivo do site de comparação de preços britânico Kelkoo, que está do lado das autoridades de concorrência da UE.

O advogado Thomas Hoeppner, que está assessorando outras três partes do lado da UE, também confirmou as datas.

Há dois anos, a Comissão acusou o Google de favorecer seu próprio serviço de comparação de preços, atingindo-o com uma multa pesada e uma ordem para interromper práticas comerciais anticompetitivas e criar condições equitativas para os rivais.

Os grupos que apoiam a Comissão são o grupo de consumidores europeu BEUC, o site britânico de comparação de preços Foundem, que desencadeou a investigação da UE, o site francês Twenga, os grupos editoriais alemães VDZ e BDZV, a EFTA (Associação Europeia de Comércio Livre) e o site de comparação de preços de roupas Visual Meta, da editora alemã Axel Springer.

SoftBank anuncia investimento na startup

O SoftBank do Japão investirá na plataforma mexicana de carros usados Kavak, disse o vice-presidente de operações do grupo, Marcelo Claure, na segunda-feira, ampliando o crescente portfólio do SoftBank na América Latina.

– Estamos orgulhosos de participar e investir na Kavak México – escreveu Claure, que supervisiona os investimentos do SoftBank Group na América Latina. “A empresa está realmente transformando o uso de dispositivos móveis no mercado automotivo no México.”

À agência inglesa de notícias Reuters informou em agosto que o SoftBank estava em negociações avançadas para investir na startup de três anos, depois de anunciar no início do ano um fundo de US$ 5 bilhões para a América Latina.

O presidente-executivo da Kavak, Carlos Garcia, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A Kavak é o segundo investimento conhecido da SoftBank no México, depois que o conglomerado investiu cerca de US$ 20 milhões na empresa de pagamentos Clip.

O SoftBank liderou uma rodada de financiamento de aproximadamente US$ 17,6 milhões na plataforma brasileira de carros usados Volanty, em agosto, com a argentina Kaszek Ventures, que também é investidora em Kavak.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *