Partidos de centro-direita passam a pedir o impeachment de Bolsonaro

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 19 de maio de 2020 as 19:33, por: CdB

O ator Marcelo Serrado, ex-bolsonarista convicto há alguns meses, também se soma ao pedido de impedimento do presidente neofascista. O apresentador do programa, na web, Fábio Pannuzio, de extrema direita, que apoiou a eleição do atual mandatário, é agora favorável a uma “atividade mobilizadora”.

Por Redação – do Rio de Janeiro

Os partidos PDT, PSB, REDE e PV realizaram, nesta terça-feira, o ato Janelas pela Democracia: #ImpeachmentJá, no qual pediam que os brasileiros fossem às janelas, às 20 horas, para gritar “Fora, Bolsonaro!” e frases equivalentes. Um dos primeiros a falar, durante a apresentação do movimento, o presidente do PDT, Carlos Lupi, reivindicou as cores verde e amarela para “tirar isso das mãos dos bolsonaristas”, afirmou.

Em seu discurso, no movimento 'Janelas pela Democracia', pediu que a Câmara abra o procedimento de impeachment contra Bolsonaro
Em seu discurso, no movimento ‘Janelas pela Democracia’, pediu que a Câmara abra o procedimento de impeachment contra Bolsonaro

– O Brasil vive a mais grave crise sanitária em 100 anos, aprofundando a pobreza e a legião de desempregados. O sr. Jair Bolsonaro é criminoso na sua essência. Inaceitável a presença desse senhor conduzindo essa nação – afirmou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Crimes de Bolsonaro

O apresentador do programa Fábio Pannuzio, de extrema direita, que apoiou a eleição do atual mandatário, é agora favorável a uma “atividade mobilizadora visando unir cidadãos e cidadãs que defendem publicamente a democracia e que apóiam os pedidos de impeachment do atual presidente em tramitação no Congresso Nacional”.

Em seu discurso, o ex-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT), enumerou os crimes que atribui ao presidente e elogiou a formação do movimento.

– Contaremos com a presença de artistas, intelectuais e lideranças nos ambientes da web e nas janelas espalhadas pelo Brasil – concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *