Patrocínios de casas de apostas invadem o futebol brasileiro

Arquivado em: Esportes, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021 as 17:41, por: CdB

O Galo foi o mais novo time a buscar um grande acordo com alguma empresa de apostas para estampar sua camisa.

As apostas esportivas continuam em uma crescente no cenário brasileiro, e nas últimas temporadas, diversos times acabaram por ceder espaços de marketing, fechando parcerias com empresas do ramo. Segue abaixo um demonstrativo, dessa relação entre futebol e apostas no Brasil.

ATLÉTICO-MG FECHA PATROCÍNIO MILIONÁRIO COM CASA DE APOSTAS

O Galo foi o mais novo time a buscar um grande acordo com alguma empresa de apostas para estampar sua camisa. No início de janeiro, o clube assinou contrato com a Betano, que fez a oferta para ocupar o “espaço nobre” na camisa do clube de Belo Horizonte.

 

O clube tinha um acordo bem consistente com um banco, que até então figurava como o patrocinador master do clube. A empresa de apostas bateu o valor, e chegou para desbancar a todos.

O Atlético não chegou a divulgar valores, mas estima-se que a quantia chegue na casa dos 10 milhões de reais. Essa mesma empresa patrocina Braga e Marítimo, em Portugal, PAOK e Olympiacos, da Grécia.

O clube mineiro não é um dos mais necessitados financeiramente no futebol brasileiro, uma vez que seu investidor é poderoso.

Mas fica claro que o clube crescendo financeiramente, a exposição da sua marca fica maior, e consequentemente, empresas desse ramo, que necessitam de exposição, fazem ofertas cada vez maiores.

Este é o primeiro time fora da Europa a ser patrocinado pela empresa, demonstrando a curva crescente que vive esse mercado no futebol brasileiro.

EM 2020, 70% DOS CLUBES DA SÉRIE A TINHAM PATROCÍNIOS DE CASAS DE APOSTAS

Ao que parece, essa relação entre os clubes de futebol e as empresas de apostas esportivas, tem ficado cada vez mais estreita. Até o final de 2020, 14 dos 20 clubes que disputam a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, tinham algum acordo de patrocínio com casas de apostas.

O Flamengo, que vem como a marca de maior exposição do futebol brasileiro nas últimas temporadas, fechou um patrocínio de dois anos e meio com a Sportsbet.io, com valor chegando a 20 milhões de reais.

Equipes como Vasco e Red Bull Bragantino, fecharam grandes acordos também, com a NetBet, que oferece as mais variadas opções de apostas esportivas, em futebol, basquete, vôlei, lutas, etc.

Outras equipes também entraram nessa onda, como: Bahia, Botafogo, Santos, Coritiba, Grêmio, São Paulo, Ceará, Corinthians, Sport e Fortaleza.

Somando equipes que disputam a segunda divisão nacional, o número de equipes que tem patrocínios de casas de apostas, chega a 60%. O que para clubes que recebem valores infinitamente menores quanto a receita de Televisão, premiação e patrocínios, essas parcerias são espetaculares.

DINHEIRO PODE SER A SOLUÇÃO DE CLUBES FALIDOS

Esse mercado de negócios está em alta no Brasil, principalmente após o ano de 2018, quando foi lançada a lei que pretende regularizar o setor de apostas no país.

As casas de apostas patrocinam não somente os clubes, mas também as competições nacionais. Não é incomum, os telespectadores verem placas de publicidade, como a da 1xbet e Bet365, em jogos do Brasil e da Europa.

Isso se deve ao fato do nosso país ser um dos que mais cresce entre aqueles que apostam online. As mídias digitais, hoje são uma fatia essencial para reprodução das marcas, e quanto mais expostos, mais dinheiro ganham os clubes.

Esta talvez seja uma saída para clubes quebrados, com pouco potencial de receita. O Vasco, embora gigante, é um deles, que não tem tido retorno de bilheteria, ou de premiações por conquistas, mas segue sempre em exposição na mídia em geral, e pode arrecadar com bons contratos de publicidade para estas marcas.

A Chapecoense, campeã do Campeonato Brasileiro Série B, estampa em sua camisa uma parceria com empresa de apostas.

Seu acordo inicialmente seria de apenas dois meses (para a reta final da Série B), e o clube receberia um valor fixo para cada aposta feita no site com o cupom do clube. com o título e maior alcance de mídia com o acesso para a primeira divisão, seu poder de negociação aumenta e muito.

O Cruzeiro é um gigante em meio ao caos da Série B. Endividado ao extremo, e com mais um ano de segunda divisão pela frente, o clube terá valores mínimos de receita de televisão, mas com esses acordos de patrocínio, ainda tem um potencial de divulgação enorme, podendo salvar (em partes) suas finanças.

O futebol brasileiro é muito desequilibrado quanto a distribuição de valores de televisão. Essas parcerias com empresas dispostas a divulgarem suas marcas em um cenário propício, pode ser a salvação aos clubes que tem a corda apertando seu pescoço.

Em mais um ano de receitas minguadas, o ramo das apostas esportivas pode ajudar a manter o futebol brasileiro de pé.

INTERESSE

Mas porque vivemos esta invasão. Esta é uma questão que se coloca. Porque de uma hora para a outra este tipo de empresa invadiu o mercado brasileiro, oferecendo promoções, vantagens, bônus de apostas, gastando em publicidade, anunciando em televisão e muito mais?

O motivo é um pouco óbvio. Segundo especialistas do setor, o Brasil é um dos países com maior potencial para as apostas esportivas no Mundo. E isso acontece não somente em razão do amor do brasileiro pelo esporte. Nem tampouco pela população na casa das centenas de milhões. O fato é que por passarmos muito tempo com uma proibição da atividade há uma enorme demanda reprimida sobre este tipo de setor.  Milhões de brasileiros não conhecem o incrível universo das apostas online e são um público consumidor em potencial muito grande para qualquer casa de apostas.

Em outros países como a Inglaterra que já vive a realidade das apostas há mais de 100 anos o espaço para crescimento é muito menor diante de um mercado consolidado. Portanto, o Brasil será provavelmente a próxima meca das apostas e cassinos no mundo inteiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code