Pequim registra longas filas para exames de covid-19 em meio a pior surto desde março

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 22 de janeiro de 2021 as 14:12, por: CdB

 

Pequim iniciou exames de covid-19 em massa em algumas áreas nesta sexta-feira e Xangai está examinando todos os trabalhadores de hospitais, no momento em que a China enfrenta o pior surto da doença desde março.

Por Redação, com Reuters – de Pequim

Pequim iniciou exames de covid-19 em massa em algumas áreas nesta sexta-feira e Xangai está examinando todos os trabalhadores de hospitais, no momento em que a China enfrenta o pior surto da doença desde março e as famílias estão preocupadas com os planos de reencontros no feriado do Ano Novo Lunar, em meio às novas restrições.

Fila de pessoas para realização de teste da covid-19 em Pequim

A China continental relatou 103 casos novos diários de covid-19 nesta sexta-feira, um declínio acentuado na comparação com as 144 infecções do dia anterior.

Dos casos novos, 94 foram transmissões locais. A província de Heilongjiang, no nordeste, relatou 47, Xangai informou seis e a capital Pequim relatou três casos novos.

Alguns distritos de Pequim

Filas longas surgiram em alguns distritos de Pequim, onde exames em massa foram iniciados após vários dias consecutivos de casos novos. Autoridades municipais disseram que houve alguns “vazamentos” no controle epidêmico em algumas áreas rurais, mencionando uma obediência inadequada das regras de uso de máscaras, distanciamento social e medições de temperatura.

Uma fila de mais de 200 metros se formou diante da Escola Primária Dengshikou, um local de exames próximo do centro da cidade. Um homem de sobrenome Lin disse que o supermercado no qual trabalha o orientou a ser examinado.

Dezenas de milhões de pessoas estão sujeitas a alguma forma de lockdown em cidades do norte em meio ao receio de que infecções não detectadas se espalhem rapidamente durante o feriado do Ano Novo Lunar, em meados de fevereiro.