Performance censurada por Witzel no Rio será realizada na rua

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 as 11:54, por: CdB

Governo alega que programação de encerramento de exposição Literatura Exposta não estava prevista em contrato. Coletivo classifica ação como censura e pede apoio da classe artística.

Por Redação, com RBA – do Rio de Janeiro

 A performance do coletivo És Uma Maluca, que deveria encerrar a exposição Literatura Exposta, na Casa França-Brasil (CFB), no Rio de Janeiro, foi realizada na rua nesta segunda-feira. A apresentação deveria ter sido realizada no domingo, mas foi censurada pelo governador Wilson Witzel (PSC), que mandou a Secretaria de Cultura cancelar o última dia da exposição.

Encerramento da exposição Literatura Exposta na Casa França-Brasil foi cancelado pelo governador Witzel

A performance prevê a atuação de duas mulheres, que farão interações com a obra A voz do ralo é a voz de deus. A nudez teria motivado o cancelamento. A Secretaria de Cultura nega, e afirma que a programação de encerramento não estaria prevista no contrato firmado entre o governo e a Casa França-Brasil. Para o coletivo És Uma Maluca, trata-se de censura.

– A proibição arbitrária por parte da Secretaria Estadual de Cultura nos causa perplexidade e imensa preocupação, pois mais uma vez estamos claramente sendo submetidos à censura. A performance que faríamos seria uma continuidade da proposta apresentada na instalação A Voz do Ralo e a Voz de Deus e já havia sido informada e aprovada pela CFB – diz o coletivo em nota publicada pelo Facebook.

O És Uma Maluca classifica a medida do governador como “atentado à produção simbólica e cultural” e “tentativa de silenciamento de vozes que provocam crítica e convidam à reflexão”, e convocam demais coletivos e artistas a apoiarem a realização da performance como forma de protesto. Por isso, convidamos a todos para fazermos um ato após a desmontagem da exposição, nesta segunda em frente à CFB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *