Pesquisa mostra que Bolsonaro é mal avaliado no início de seu mandato

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 26 de fevereiro de 2019 as 14:28, por: CdB

De acordo com a série histórica das pesquisas CNT/MDA, o desempenho de Bolsonaro é o pior de estreia de mandato desde 2003.

 

Por Redação – de São Paulo

 

Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira mostra que 48% dos eleitores desaprovam a gestão do presidente Jair Bolsonaro, enquanto 38,9% aprovam a estreia do militar. Índice é o menor da série histórica desde a primeira posse de Lula. Após dois meses, o governo Bolsonaro enfrenta a primeira pesquisa desde a posse do militar.

Bolsonaro
Bolsonaro manobra para esconder sua obsessão antidemocrática e tem avaliação reduzida no início de seu mandato

De acordo com a série histórica das pesquisas CNT/MDA, o desempenho de Bolsonaro é o pior de estreia de mandato desde 2003, quando Lula tomou posse pela primeira vez. Na primeira pesquisa da CNT/MDA sobre o governo do petista, em janeiro daquele ano, a aprovação foi 56,6%. No segundo governo, a popularidade na primeira pesquisa chegou a 49,5%.

Nos primeiros meses de Dilma Rousseff, seu desempenho foi considerado bom ou ótimo por 49,2% dos brasileiros. Consideraram regular por 37,1% e ruim ou péssimo por 9,3%. No segundo mandato – em meio a polarização política, recessão e o início da Lava Jato – o desempenho da petista despencou: em março de 2015, a popularidade caiu a 10,8% e os que consideravam o governo ruim ou péssimo chegaram a 64,8%.

Pesquisa

Na avaliação dos eleitores, o governo Bolsonaro foi considerado regular por 29%, e 19% consideram a estreia do pesselista ruim ou péssima. Outros 13,15% não souberam opinar. Na avaliação pessoal, Bolsonaro foi aprovado por 57,5% dos brasileiros. 28,2% desaprovam e 14,3% não souberam opinar.

Nos cálculos, não foram considerados os dados da primeira pesquisa do governo Temer, uma vez que o emedebista já fazia parte do governo e não assumiu a presidência via processo eleitoral. Caso fosse considerado, seria o mais impopular: marcou apenas 10,8% na aprovação de estreia.

Não constam, ainda, nos cálculos, o desempenho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. A série histórica da CNT/MDA não engloba os oito anos de mandato de FHC. A primeira pesquisa data de 1998, e o presidente tomou posse em 1995. Naquele fim de primeiro mandato, tinha 32% de aprovação.

O MDA ouviu 2.002 pessoas entre os dias 21 e 23 de fevereiro em 137 municípios de 25 unidades da federação. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *