Pestalozzi do Brasil presta homenagem a Kofi Annan em parque arborizado

Arquivado em: Educação, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 29 de agosto de 2018 as 13:02, por: CdB

A Fundação Pestalozzi do Brasil atua no apoio às crianças que precisam de cuidados especiais desde a década de 1940, em correspondência direta aos preceitos do pedagogo suíço Johann Heinrich Pestalozzi. Neste próximo Dia da Árvore, presta uma homenagem ao diplomata Kofi Annan.

 

Por Redação – do Rio de Janeiro

 

O Dia da Árvore, no próximo dia 21, terá um novo significado para as crianças portadoras de necessidades especiais que estudam na Fundação Pestalozzi do Brasil. Ao lado do prédio histórico, tombado por decreto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a comunidade da Mangueira, na Zona Norte do Rio, receberá um parque arborizado com palmeiras, quaresmeiras,  árvores-do-imperador, ipês e tantas outras, em homenagem ao diplomata e ex-secretário-geral das Nações Unidas (ONU, na sigla em francês) Kofi Annan.

O embaixador Sergio Nogueira Lopes, conselheiro da Fundação Pestalozzi do Brasil, apoia a homenagem à memória do diplomata Kofi Annan
O embaixador Sergio Nogueira Lopes, conselheiro da Fundação Pestalozzi do Brasil, apoia a homenagem à memória do diplomata Kofi Annan

— Ao plantarmos uma pequena reserva de nossas mais raras espécies da flora brasileira, no Parque Kofi Annan, em uma área de patrimônio tombado e valorizado pelas linhas arquitetônicas de uma edificação de meados do século XX, traduzimos o respeito da Pestalozzi do Brasil à vida, em si. Da forma como Annan viveu e morreu, por um entendimento entre os povos, desde a mais simples comunidade, a exemplo da Mangueira; até as grandes nações do mundo — afirmou o conselheiro da instituição, embaixador Sérgio Nogueira Lopes.

Obra antiga

A Fundação Pestalozzi do Brasil atua no apoio às crianças que precisam de cuidados especiais desde a década de 1940, em correspondência direta aos preceitos do pedagogo suíço Johann Heinrich Pestalozzi.

— O afeto teve papel central na obra de pensadores que lançaram os fundamentos da pedagogia moderna. Mas, nenhum deles deu mais importância ao amor, em particular ao amor materno, do que Johann Heinrich. Este é o sentido de plantarmos, no Parque Kofi Annan, o símbolo deste objetivo, significado nas árvores centenárias das quais lançamos a semente, na Pestalozzi do Brasil — concluiu Nogueira Lopes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *