Petrobras aumenta preços do gás para residências, indústria e comércio

Arquivado em: Negócios, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 22 de outubro de 2019 as 11:56, por: CdB

O movimento nos preços do GLP da Petrobras é o primeiro desde 5 de agosto, tanto para o produto residencial quanto para o voltado à indústria e comércio.

Por Redação, com Reuters – do Rio de Janeiro

A Petrobras elevou a partir desta terça-feira os preços de gás liquefeito de petróleo (GLP) para residências, em botijões de 13 quilos, e também do produto para consumidores industriais e comerciais, segundo informações publicadas no site da companhia.

O último aumento de GLP praticado pela Petrobras foi no dia 5 de agosto
O último aumento de GLP praticado pela Petrobras foi no dia 5 de agosto

O GLP residencial teve alta de R$ 92,5 por tonelada para as distribuidoras em várias praças, ou cerca de 5%, enquanto as cotações do GLP industrial e comercial sofreu alta de R$ 58,5 por tonelada, ou cerca de 3%, de acordo com cálculo da Reuters com base nos dados da companhia.

O movimento nos preços do GLP da Petrobras é o primeiro desde 5 de agosto, tanto para o produto residencial quanto para o voltado à indústria e comércio.

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) estimou em nota que o aumento residencial oscilará entre 4,8% e 5,3%, enquanto o GLP industrial terá variação de 2,9% a 3,2%, dependendo do polo de suprimento.

De acordo com o sindicato, aumentos são médias, pois o valor terá variação, para maior ou menor, dependendo da área de distribuição nacional. Ainda de acordo com o sindicado, “suas empresas associadas foram comunicadas pela Petrobras, na tarde de segunda-feira”.

O último aumento de GLP praticado pela Petrobras foi no dia 5 de agosto.

Diesel

A Petrobras completou no último sábado um mês sem reajustar os preços do diesel em suas refinarias, registrando o maior intervalo de estabilidade nos valores em cerca de um ano, de acordo com dados compilados pela agência de notícias britânica Reuters. O preço médio do diesel nas refinarias da petroleira figura em cerca de R$ 2,30por litro desde 19 de setembro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *