Petrobras distribui dividendos bilionários muito além das concorrentes

Arquivado em: Destaque do Dia, Energia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 4 de agosto de 2022 as 16:21, por: CdB

A Petrobras por sua vez, sozinha, pagará aos acionistas US$ 27,2 bilhões, que na atual conversão chega a RS$ 143 bilhões. Deste montante, US$ 17 bilhões, ou R$ 89 bilhões, são referentes apenas ao segundo trimestre deste ano. A maior parte será paga para investidores estrangeiros, que receberão R$ 35,5 bilhões. O restante fica para o governo (R$ 32,5 bilhões).

Por Redação – do Rio de Janeiro

A Petrobras, a estatal brasileira de produção e refino de petróleo, já totaliza uma distribuição de dividendos maior do que as maiores petroleiras do mundo, neste primeiro semestre de 2022. As informações são da SEC, a Comissão de Valores Mobiliários norte-americana. Juntas, as maiores empresas ocidentais do setor, a Exxon Mobil, Chevron, Shell, Total Energies, BP e Equinor distribuirão dividendos que somam US$ 25,3 bilhões, o equivalente a R$ 133 bilhões.

Petrobras
A Petrobras vendeu patrimônio para alcançar as quantias estratosféricas nos dividendos aos acionistas

A Petrobras por sua vez, sozinha, pagará aos acionistas US$ 27,2 bilhões, que na atual conversão chega a RS$ 143 bilhões. Deste montante, US$ 17 bilhões, ou R$ 89 bilhões, são referentes apenas ao segundo trimestre deste ano. A maior parte será paga para investidores estrangeiros, que receberão R$ 35,5 bilhões. O restante fica para o governo (R$ 32,5 bilhões), e para acionistas privados nacionais (R$ 20,7 bilhões)

O valor é também 60% maior do que seu lucro no período, anunciado em R$ 55 bilhões. Críticos apontam que esse enorme pagamento representa uma política de desinvestimento da empresa, que resultará no encolhimento da Petrobras.

Atual trimestre

A estatal, no entanto, afirma em nota que esse grande pagamento de dividendos somente foi possível graças ao preço alto do petróleo, e às vendas de ativos, como parques de refino. A estatal afirmou também que de maneira nenhuma os planos de investimentos da empresa estão comprometidos.

Os dividendos pagos pela Petrobras chegaram próximos de superar os da Aramco, empresa estatal da Arábia Saudita que é a maior petroleira do mundo, produzindo 13 milhões de barris por dia, cinco vezes mais que a Petrobras. A Aramco distribuiu US$ 18,76 bilhões para seus acionistas no último trimestre. O anúncio dos dividendos do trimestre atual está marcado para o dia 14 de agosto.

Mercado

Ainda nesta quinta-feira, o Ibovespa avançava, na contramão de Wall Street, que caía diante do aumento das preocupações com uma recessão global. Às 11h53, o principal índice de renda variável da Bolsa brasileira subia cerca de 1,3%, enquanto o dólar recuava, negociado a R$ 5,26.

No âmbito doméstico, os investidores digeriam a elevação da taxa Selic, para 13,75% ao ano, bem como a sinalização do Banco Central de um novo aumento de menor magnitude na reunião de setembro, na contramão das expectativas de parte do mercado. Segundo economistas, a alta na taxa básica no próximo mês pode ser de 0,25 ponto percentual, de forma a encerrar o ciclo de aperto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code