Petrobras refloresta área de Mata Atlântica no polo de gás de Itaboraí

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sábado, 19 de setembro de 2020 as 12:35, por: CdB

A Petrobras reflorestou até o fim de agosto, cerca de 330 hectares de Mata Atlântica, equivalentes a cerca de 370 campos de futebol, plantados na área interna do Polo GasLub, em Itaboraí, região metropolitana do Rio.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Petrobras reflorestou até o fim de agosto, cerca de 330 hectares de Mata Atlântica, equivalentes a cerca de 370 campos de futebol, plantados na área interna do Polo GasLub, em Itaboraí, região metropolitana do Rio. Até o final desse ano, serão cerca de 880 mil mudas de árvores nativas para recuperação de uma área total de 400 hectares.

Área equivale a cerca de 370 campos de futebol
Área equivale a cerca de 370 campos de futebol

Mas o foco ambiental não é só na parte intramuros do empreendimento. A Petrobras também investirá no projeto Florestas do Amanhã, uma iniciativa do governo do Estado do Rio de Janeiro, que tem o objetivo de plantar 1,1 mil hectares de Mata Atlântica em 20 unidades de conservação espalhadas por todo o Estado do Rio de Janeiro, a partir de outubro.

A iniciativa utilizará parte dos cerca de R$ 400 milhões a serem disponibilizados pela Petrobras ao estado, por meio do Polo GasLub. Até o momento, já foram repassados R$ 218,5 milhões pela companhia e o restante será repassado até o fim deste ano.

Tanto o plantio interno quanto o projeto externo fazem parte dos compromissos assumidos no âmbito dos processos de licenciamento e aprovação do empreendimento.

Transformação

O antigo Complexo Petroquímico, localizado na região metropolitana do Rio de Janeiro, passou por transformações e agora se chama Polo GasLub Itaboraí.

Novas soluções estão sendo avaliadas para o local. Estamos estudando a construção de uma planta de processamento de lubrificantes, a partir de interligações já existentes de algumas unidades do Polo com a Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), permitindo a produção de lubrificantes e combustíveis de alta qualidade a partir de produtos intermediários da refinaria.

A Petrobras avalia a possibilidade de construção de uma térmica em parceria com outros investidores para geração de energia a partir do gás do pré-sal processado no GasLub.

Prosseguem as obras para concluir a construção do Projeto Integrado Rota 3, que inclui uma Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) e um gasoduto. Previsto para ser concluído em 2021, o Rota 3 terá capacidade para escoar e processar diariamente 21 milhões de metros cúbicos de gás do pré-sal.

1 thought on “Petrobras refloresta área de Mata Atlântica no polo de gás de Itaboraí

  1. Enquanto isso, a abandonada estrada do Comperj (Rua Cidade de Roma) está destruindo os pulmões dos moradores do bairro Vila Nova de Itambi devido ao tráfego ILEGAL que resulta em excesso de poeira extremamente nociva às pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *