PF combate pornografia infantil no Rio de Janeiro

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 18 de dezembro de 2020 as 10:41, por: CdB

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta sexta-feira quatro mandados de busca e apreensão na Baixada Fluminense contra suspeitos de possuir e compartilhar imagens de abuso sexual de crianças e adolescentes.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta sexta-feira quatro mandados de busca e apreensão na Baixada Fluminense contra suspeitos de possuir e compartilhar imagens de abuso sexual de crianças e adolescentes. A operação Luxúria é a quarta ação da PF contra a pornografia infantil no estado do Rio em dezembro.

Polícia Federal combate pornografia infantil no Rio
Polícia Federal combate pornografia infantil no Rio

Investigações iniciadas no primeiro semestre deste ano identificaram dois homens que compartilhavam fotos e vídeos contendo cenas de abuso sexual de crianças e adolescentes. Na ação de hoje, um dos suspeitos foi preso em flagrante.

Os mandados, expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal de São João de Meriti, estão sendo cumpridos em Belford Roxo e Duque de Caxias.

Médico suspeito de levar à morte ex-passista

Policiais civis do Rio de Janeiro prenderam, na quarta-feira, o médico suspeito pela morte da ex-passista Erica Cristina Santos. A ex-passista realizou um procedimento estético com o médico, mas acabou morrendo, no último dia 12.

A polícia descobriu que o médico tem 34 anotações criminais, entre as quais, três óbitos, inclusive de uma criança. Ele teve o registro cassado no Conselho Regional de Medicina (CRM), em 2008, e continuou exercendo a profissão clandestinamente.

Casos de morte de pacientes por procedimentos estéticos feitos sem as devidas precauções, realizados muitas vezes em clínicas particulares, tem sido recorrentes.

Na quarta-feira , policiais civis cumpriram mandados de busca e apreensão em endereços ligados a pessoas envolvidas na morte da funkeira Fernanda Rodrigues da Silva, a MC Atrevida. Ela morreu em julho, após realizar procedimentos estéticos em uma clínica de Vila Isabel.